Alex Ferraz

Tento manter o bom humor, mas educado que fui em escolas onde, a despeito da ditadura militar explícita, era amplo o debate político e social, ainda que sob a vilania dos agentes secretos do governo infiltrados nos meios estudantis, não consigo disfarçar a vergonha, a indignação diante do retrocesso político e cultural que vem ocorrendo no Brasil, com expectativa de agravamento ainda maior das diferenças sociais..

Em termos de futuro governo caminhamos para uma teocracia comandada pelas Forças Armadas. Uma pastora no comando do Ministério dos Direitos Humanos, aplaudida exatamente por suas posições conservadoras radicais! Fosse um padre católico, também seria esdrúxulo...

Deus acima de tudo. Acima da lógica, acima da Constituição (que nos define como Estado laico),  e acima, claro, de Darwin, de cuja teoria da evolução, aliás, até começo a duvidar, diante do quadro de ignorância total que assola a maioria da população brasileira e do futuro governo.

Talvez seja esta a razão para o que acabo de ver no noticiário da TV. No ranking dos cinco vídeos musicais mais acessados em 2017, praticamente todos são sertanejos, e dos piores, e um funk, também de péssimo gosto. Perdoem-me aqueles que possam achar esta minha opinião radical, mas não  tenho culpa de ter me criado ouvindo Tom Jobim, Chico Buarque, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Mutantes, Milton Nascimento, Secos e Molhados/Ney Matogrosso, Guilherme Arantes, Belchior etc. e tal.

Assim como não posso ser culpado por ter sido educado em escolas, particulares e públicas, "com partido", nas quais incentivava-se o debate, a livre troca de ideias, ao lado dos esportes e até mesmo aulas de religião!

Ufa! Não é à toa que vivemos hoje no País, ao lado do crescimento vergonhoso da pobreza, uma crise das livrarias, que fecham por queda nas venda de livros, enquanto multidões se estapeiam na disputa por ingressos caros para shows de mesmices sertanejo/universitárias (sic), apresentados por "cantores" que faturam até 600 mil reais por apresentação.

Ignorância, preconceito, conservadorismo, patrulhamento acintoso dos que ousam pensar mais à frente. Ufa! Estamos vergonhosamente na contramão da história e debochados pelas nações civilizadas. Veremos o resultado disso...

Colunas anteriores
Ver mais notícias desta seção: mais recentes · mais antigas