Gastronomia

Curta de Casa: como ficará o mundo depois da pandemia

Assine (é de graça) os podcasts Bom pra Saúde e Curta de Casa (no Spotify, Apple e Deezer)

Foto: pxhere/Creative Commons

Olá este é o podcast Curta de Casa e eu sou Doris Pinheiro.

Hoje o Curta de Casa vai pôr na mesa pratos de chefs super talentosos de restaurantes de Salvador, que ensinam receitas deliciosas e fáceis.

Não, não quero que você engorde, quero que você coma bem!

Mas à mesa também estarão jovens jornalistas, que darão aqui suas opiniões sobre como acham que ficará, e especialmente como querem que o mundo fique pós-pandemia.

São jovens na faixa dos 20 anos que estão trabalhando, muitos em seu primeiro emprego, e acompanhando de perto as notícias que tomaram conta dos noticiários do mundo todo.

Para completar nossa roda de conversa, o advogado Augusto Cruz fala sobre as diversas tendências para o pós-pandemia: saúde do trabalhador, home office, consolidação da flexibilização de normas trabalhistas e sobre o impacto do uso da inteligência artificial no mundo do trabalho.

-- Tenha acesso a todos os episódios do podcast Curta de Casa

Clique no Play e ouça o Curta de Casa

Venha, sente aqui com a gente e venha bater este papo.

Mas antes de começar,  uma informação importantíssima! A Organização Mundial da  Saúde, observou que alguns  baianos não entenderam as recomendações quanto aos cuidados e precauções à Covid-19 e resolveu traduzir para o idioma baianês. O jornalista Maurício Marques informa para a gente.

Clique no Play para ouvir Maurício Marques (a partir dos 1 minuto 47 segundos)

Recebi esta no WhatsApp e não resisti, roubei né... Mas vamos lá.

O primeiro prato que eu vou colocar na mesa é uma salada Polinésia, do Tokai Gourmet, assinado pela chef Guta Domenech. 

Salada Executiva Tokai Gourmet

-- 3 folhas do coração de alface americana arrumadas formando uma concha para ser disposto o recheio.

Segue o recheio:
-- 100 g de cubos de manga deves
-- 70 g de kani fatiado largo
-- 20 g de moyashi , (dispor sobre a mistura da manga e kani) deve ser fresco e  in natura
-- Polvilhar com mistura de gergelim  ( preto e branco)torrado
-- Azeite de oliva aromatizado com ervas frescas( manjericão, salsa , alecrim)
-- Pitada de lemon pepper, toque de shoyu
-- Toque de suco de limão siciliano e raspas da casca e fatias para decorar.
-- Pitada de caldo de galinha em pó ou sal a gosto, junte tudo ao azeite com demais ingredientes, misture e regue toda asalada

Servir gelada.

***

Deu água na boca... E eu chamo para a nossa roda de conversa os jornalistas Djair Santana e Sara Matos (alô, alô Serrinha!).

Olha o que eles pensam sobre o mundo pós-pandemia.

Clique no Play para ouvir os jornalistas Djair Santana e Sara Matos (a partir dos 4 minutos 31 segundos)

Pois é, só me faz pensar mais e mais que mundo estamos deixando para eles...

Chamo agora para a mesa o advogado Augusto Cruz para falar de algumas tendências que já estavam aí, mas que agora no isolamento, se intensificaram e devem permanecer.

Clique no Play para ouvir o advogado Augusto Cruz (a partir dos 6 minutos 19 segundos)

Tudo isso pode impactar um bocado, especialmente nas grandes cidades, que terão menos carros nas ruas, por exemplo. Mas para continuar nosso papo eu chamo aqui o simpaticíssimo chef Walker Carvalho que traz para a gente duas receitas.

A primeira delas é o Camarão Singeleza, que já é lindo desde o nome. Ele fez até votação entre os clientes para escolher a receita que criou para o seu restaurante “Nosso Quintal”, que fica em Vilas do Atlântico.

Camarão Singeleza

Ingredientes
-- 200g Filé de Camarão ( tamanho médio)
-- ½ Dente de Alho
-- 1 Colher de Sopa de azeite de oliva
-- 1 Pitada de pimenta preta moída
-- ½ cebola branca em cubinhos
-- 2 Bananas da terra maduras
-- 100g de Bacon em cubinhos
-- 1 Colher de Sopa de Farinha de trigo
-- 1 Colher de sopa de manteiga
-- 200 ml de leite de vaca
-- 50g Queijo parmesão ralado
-- 50g Queijo mussarela ralado
-- 50g queijo provolone ralado
-- 100g queijo gorgonzola ralado
-- Salsinha picada pra decorar 

Afff Maria eu que já gosto de camarão estou aqui babando...

Mas vamos ouvir mais nossos jovens jornalistas... Chamo agora Aline Paim, Maurício Matos e Pedro Vilas Boas.

Clique no Play para ouvir Aline Paim, Maurício Matos e Pedro Vilas Boas (a partir dos 10 minutos 5 segundos)

Pois é... vamos ficar atentos ao que é dito, mas filtrar. Bom senso gente, tanto em relação à notícias de cunho científico quanto ao movimento político por trás de tudo e muito cuidado com as fake News.

***

Bom comemos o prato principal que o chef Walker Carvalho ensinou, agora vamos ver o que ele traz para a sobremesa...

Pudim de milho
--  3 espigas de milho verde
-- 2 xícaras de leite de vaca
-- 1 lata de leite condensado
-- 1 vidro pequeno de leite de coco
-- 4 ovos
-- 1 colher de sopa de farinha de trigo

Caramelo
-- 2 xícaras de açúcar
--  ½ xícara de água

As espigas de milho podem ser substituídas por 1 lata de milho em conserva, coar e utilizar somente os caroços.

***

Fiquei de barriga cheia e olha que só estamos no plano virtual! Obrigada chef Walker Carvalho pelas duas receitas deliciosas. E voltamos a ouvir nossos jovens jornalistas Ana Paula Bispo dos Santos, Ana Cláudia Oliveira e Daniele Suzart.

Clique no Play para ouvir Ana Paula, Ana Cláudia e Daniele Suzart (a partir dos 14 minutos 55 segundos)

***

Mudanças de ritmo, de hábitos, mudanças no mundo? Vamos ouvir o que também nos aponta o advogado Augusto Cruz.

Clique no Play para ouvir o advogado Augusto Cruz(a partir dos 18 minutos 30 segundos)

Para pensar sobre tudo isso o melhor é colocar na mesa mais uma receita deliciosa. Chamo agora a chef e proprietária do restaurante Romã, que fica no Pelourinho, Ângela Rabelo, que ensina a gente a fazer uma torta de banana d´água. Ela propõe para acompanhar um chá de hortelã.

Torta integral de banana d’água
-- 300 gramas de farinha integral
-- 300 gramas de farinha especial
-- 370 gramas de açúcar mascavo
-- 1 xícara de canela em pó
-- Óleo de milho ou canola, até a massa ficar molhada
-- 12 bananas d’água não muito maduras
-- Forma redonda de fundo removível

Modo de preparo

1 - Numa forma redonda de fundo removível coloque uma camada da massa de farinha e açúcar e em cima as bananas d’água cortadas horizontalmente pela metade

2 - Vá intercalando as camadas até acabar o material , sendo que a última camada deverá ser de banana

3 - Leve ao forno em temperatura média por 30 mim

4 - Quando tiver fria , desenforme e coloque granola e sirva com chá de hortelã

***

E eu chamo os meninos e as meninas de volta. Vamos ouvir Bárbara Silva, Francisco Artur Filho e Débora Rocha.

Clique no Play para ouvir Bárbara Silva, Francisco Artur Filho e Débora Rocha (a partir dos 21 minutos 31 segundos)

E nossa última receita deste episódio quem traz é Maria Helena Mota, nada menos que professora de Gastronomia da Universidade Estácio de Sá. Sabe aquela receita para fazer à noite, rapidinha e deliciosa?

Penne ao boulevard
-- Linguiça fininha, defumada, fatiadinha- 240g
-- 1 cebola média, bem picadinha
-- Azeite de oliva - 30ml
-- 1 Folha de louro
-- 200ml de vinho tinto seco
-- Páprica doce- uma colher de sobremesa
-- Páprica picante- opcional
-- 1 caixinha de creme de leite - 200ml
--  Queijo parmesão para guarnecer
-- Massa indicada - penne ou espaguete
-- Quantidade ideal para 2 pessoas

E pra fechar este episódio do Curta de Casa eu chamo de novo os jovens jornalistas que falam desta vez da importância da solidariedade. Amanda Azevedo, Heider Mota e Pedro Moraes.

Clique no Play para ouvir Amanda Azevedo, Heider Mota e Pedro Moraes (a partir dos 27 minutos 39 segundos)
Fique sabendo
Como baixar o podcast Curta de Casa

O podcast Curta de Casa tem um episódio novo de segunda a sexta-feira. Para receber cada episódio em seu celular, faça o seguinte:
1) Baixe um aplicativo de podcast para o seu celular
2) Abra o aplicativo de podcast e faça uma busca por Curta de Casa
3) Ao localizar o podcast Curta de Casa, clique no botão Assinar

Pronto! Agora, sempre que um episódio for para o ar você o receberá automaticamente no seu aplicativo de podcast e poderá ouvi-lo quando (e quantas vezes) quiser.

Este é o podcast Curta de Casa e eu sou Doris Pinheiro, feliz de ouvir estes meninos e meninas falando de maneira tão bonita, porque uma das coisas que eu acredito nesta vida é que o jornalismo existe sim, e deve, tornar o mundo melhor. Beijos!