Carnaval / Música

Paulinho Boca canta em trio com Baby do Brasil

Carnaval do Boca tem Baile do Boca, Trio na Castro Alves com Baby do Brasil, Trio do Boca e show em Itapuã !

Foto: Dario Zalis
Música
Paulinho Boca faz carnaval anos 70

O carnaval de Paulinho Boca será o mais puro sucesso ! No dia 13.02, (quinta-feira), ele abre seu Carnaval 2020 com o “Baile do Boca”, no Café-Teatro Rubi, às 20h30.

No domingo, 23, às 17h30, em plena Castro Alves, ele e Baby do Brasil sobem ao trio que ficará fixo na praça e mostram como se faz carnaval na Bahia. Na noite do mesmo domingo Paulinho Boca comanda o Trio do Boca, a partir das 21h, no Circuito Dodô / Barra-Ondina. No dia seguinte, segunda-feira, 24, às 21h ele faz o carnaval do bairro de Itapuã.

Tanto no Baile do Boca, quantos nas outras apresentações, Paulinho vai cantar o melhor do carnaval de todos os tempos, mas fazer uma homenagem especial aos loucos e revolucionários anos 70 !O Baile no Rubi - Paulinho Boca abre seu Carnaval 2020 com o “Baile do Boca”, no dia 13 de fevereiro (quinta-feira), no Café-Teatro Rubi, às 20h30. Sucesso absoluto, no  Baile no Boca se toca e se canta simplesmente o melhor do carnaval de todos os tempos : frevos e marchinhas, sambas consagrados, sucessos da axé music e músicas que marcaram a trajetória dos Novos Baianos no carnaval da Bahia, mas nesta edição ele faz uma homenagem especial aos loucos e revolucionários anos 70 ! E mais ! Convida para participações especiais o Bailinho de Quinta e Alexandre Peixe !

O repertório foi escolhido por Paulinho Boca levando em consideração sucessos da música da Bahia e do Brasil  que marcaram esses anos de muita liberdade, então haver[a músicas dos Novos Baianos, Caetano Veloso, Moraes Moreira, Armandinho, dentre outros. “Farei uma homenagem aos 50 anos de 1970 - o ano mais louco da história - e no repertório trago essa efervescência musical e cultural que marcou a década mais revolucionária que a humanidade viveu, e que graças a Deus eu também vivi”, diz Paulinho.

Sobre as participações especiais - “Com a Participação do Bailinho de Quinta as marchinhas vão rolar e o Bailinho é o mais puro carnaval. Um trabalho que tem sido muito elogiado e tem feito muito sucesso nas apresentações. Já o Peixe tem um trabalho pulsante  cheio de sucessos da Axé Music e outras vertentes inclusive uma pegada Rock’n’Roll. E é um grande nome do nosso atual Carnaval”, afirma Paulinho Boca.

O pessoal do Bailinho de Quinta fala sobre cantar com Paulinho Boca - “O Bailinho de Quinta nasceu da memória afetiva de cada um de nós, tocar com Paulinho Boca de Cantor é encontrar no palco uma referência do melhor da nossa música, a voz do Novos Baianos, um ícone do nosso carnaval também. Somos fruto dessa geração de ouro, Moraes Moreira, Caetano Veloso, Armandinho Dodô e Osmar, Paulinho Boca, Baby do Brasil e toda essa turma, estamos muito felizes com esse momento”.

Alexandre Peixe conta como vai ser se apresentar com Paulinho - "Vai ser um prazer, uma alegria enorme poder dividir o palco com Paulinho Boca, que hoje considero um amigo e além disso é um ídolo, uma referência, um dos integrantes do Novos Baianos e que influenciou toda essa geração que faz música não só na Bahia, mas em todo o Brasil; então vai ser um motivo de grande orgulho e a gente vai preparar duas grandes surpresas para a galera. Não posso contar pra não estragar, mas quem for vai curtir bastante o show e vai ser maravilhoso estar junto com ele".

História na folia – São mais de 40 anos dedicados ao Carnaval da Bahia animando como sempre fez, o Carnaval do “Folião Pipoca”. Paulinho Boca participa do Carnaval de Salvador desde a década de 70, sempre inovando e atualizando suas apresentações e foi responsável junto com os parceiros do grupo “Novos Baianos” pela revolução tecnológica no Carnaval de Salvador, ao se apresentarem pela primeira vez num trio elétrico usando som de voz (o som do trio era somente instrumental).

“Participo do Carnaval em Salvador desde 1976, quando fundei - junto com a Baby, Pepeu e Galvão - o Trio dos Novos Baianos. Nesses anos todos vi nascer e acompanhei todos os movimentos musicais, por isso o repertório do “Baile do Boca” é do carnaval de todos os tempos. Afinal, sou um dos primeiros cantores de trios elétricos da história”.

Sobre Paulinho Boca - Compositor e cantor popular, um dos integrantes do grupo Novos Baianos (prêmio de melhor disco feito no Brasil em todos os tempos Acabou Chorare - Revista Rolling Stone – Out. 2007), começou sua carreira musical como “crooner” de orquestra em 1963. Além de se apresentar desde os anos 60 em shows musicais por todo Brasil e no exterior é também um estudioso da origem da musicalidade brasileira. Atualmente tem se apresentado em todo Brasil em turnê com a volta do Grupo Novos Baianos.