Esportes

Futebol: Vitória e Palmeiras se enfrentam no Brasileiro Feminino

Partida marca a abertura da segunda rodada da competição

Foto: Rebeca Reis/Palmeiras
Palmeiras foi derrotado para o Corinthians na estreia do Brasileiro Feminino

Sem vencer na estreia, Vitória e Palmeiras buscam os seus primeiros pontos no Brasileiro Feminino A-1. As duas equipes se enfrentam nesta quarta-feira (12 de fevereiro), às 15h, no Barradão, em Salvador, em partida que marca a abertura da segunda rodada da competição. 

Dono da casa, o Vitória vem de um resultado muito ruim na primeira rodada. As Leoas sofreram uma goleada de 7 a 0 do Avaí/Kindermann, em Santa Catarina. Graças ao saldo de gols, amargam a lanterna do Brasileiro Feminino. Mas essa condição pode mudar na tarde desta quarta-feira, quando as rubro-negras enfrentam o Palmeiras.

O Alviverde, por sua vez, foi derrotado pelo maior rival na abertura do Brasileiro Feminino. Dentro de casa, em Vinhedo, o Corinthians venceu por 3 a 1 em um dérbi inédito pela competição. O gol palmeirense foi marcado por Carla Nunes, um dos destaques do time na temporada passada e que promete brilhar ainda mais este ano.

A quarta-feira de futebol feminino segue com mais um duelo entre equipes que não venceram na primeira rodada. No Giulite Coutinho, em Mesquita, no Rio de Janeiro, o Flamengo recebe a Ponte Preta. A bola rola às 19h, com transmissão do MyCujoo pelo site da CBF.

O Fla ainda tenta se reorganizar após a saída de algumas jogadoras importantes da temporada passada, como a atacante Larissa. Na estreia, o Rubro-negro foi goleado por 4 a 0 pelo Santos, fora de casa. O resultado da Ponte Preta foi ainda pior: jogando em seus domínios, foi superado pelo Iranduba. O Hulk da Amazônia aplicou uma sonora goleada por 5 a 0 no Moisés Lucarelli, em Campinas.

Mudança - A Diretoria de Competições da CBF informou, nesta terça-feira, duas modificações na tabela original do Campeonato Brasileiro Feminino A-1, ambas no jogo entre Ponte Preta x Internacional. A partida será no domingo (16), às 20h, no  Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP). Além da definição do local do jogo, a mudança foi para evitar conflito com um duelo do Campeonato Paulista A-2.