Esportes

Barcelona tem novo técnico

Setién era treinador do Betis

Foto: Barcelona
Quique Setién

O Barcelona demitiu o técnico Ernesto Valverde e anunciou nesta segunda-feira (13 de janeiro) a contratação de Quique Setién, de 61 anos, com contrato por duas temporadas e meia, até 30 de junho de 2022.

Setién chega ao Barça depois de ter dirigido o Racing Santander, o Poli Ejido, o Logroñés, Lugo, Las Palmas e Betis, sua última equipe. Sua carreira é marcada por um futebol de posse de bola e ofensivo.

Como jogador, foi um meio-campista, destacando-se no Racing de Santander, clube onde jogou 12 temporadas em duas etapas. Ele também atuou no Atlético de Madrid, onde venceu uma Supercopa da Espanha e, posteriormente, por quatro temporadas no Logroñés, antes de retornar ao Racing e se aposentar no Levante.

Quique Setién enfrentou o Barça 22 vezes como jogador, com um saldo de 5 vitórias, 5 empates e 12 derrotas. Nesses jogos, ele marcou dois gols: o primeiro, na Liga Barça-Logroñés (2-1) (temporada 1990/91); o segundo, na Liga Racing-Barça (5-0), em 1994/95.

E enfrentou o Barcelona sete vezes como treinador, perdendo 6 e vencendo uma partida. Este triunfo foi no Camp Nou, na partida da Liga da temporada 2018/19.

Em comunicado oficial, o Barcelona anunciou o afastamento do técnico Ernesto Valverde, que estava no cargo desde maio de 2017, quando foi contratado para o lugar de Luis Enrique após passagem destacada pelo Athletic Bilbao.

Diz a nota: “O FC Barcelona e Ernesto Valverde chegaram a um acordo para rescindir o contrato que unia as duas partes. O Clube expressa publicamente sua gratidão a Ernesto Valverde pelo profissionalismo, comprometimento, dedicação e tratamento sempre positivo e próximo que sempre demonstrou em relação a todas as propriedades que compõem a família blaugrana, e deseja-lhe sorte e sucesso no futuro".

Valverde ganhou 4 títulos, no Barcelona: dois campeonatos espanhois, uma Copa do Rei e uma Supercopa da Espanha, mas foi eliminado das últimas duas Ligas dos Campeões (pela Roma, em 2018, e pelo Liverpool, em 2019) depois de ter conseguido uma vantagem de 3 gols.

Na semana passada, perdeu para o Atlético de Madrid por 3 a 2, pela Supercopa da Espanha.