Brasil / Política

Feliciano: "moradores honestos não aguentam mais baile funk"

"O prefeito Bruno Covas tem que acabar com isso!" ,escreveu ele no Twitter

Foto: Vinícius Loures/Câmara dos Deputados
Marco Feliciano
Em publicação no Twitter, Feliciano disse que os "moradores honestos não aguentam mais"

O deputado federal Marco Feliciano (Pode-SP) defendeu que o prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), acabe com os bailes funks que acontecem nas comunidades paulistas, como o que foi realizado na madrugada do último domingo (1º) em Paraisópolis, onde nove jovens morreram pisoteados após um tumulto que teria sido gerado por uma perseguição policial.

Em publicação no Twitter, Feliciano não comentou sobre as mortes, mas disse que os "moradores honestos" dessas localidades "não aguentam mais" o que chamou de "bandalheira" dos bailes funks.

“Moradores honestos da periferia de São Paulo NÃO AGUENTAM MAIS [sic] a bandalheira em bailes funk. Recebi denúncias de tráfico de drogas, prática de atos obscenos, prostituição e até pedofilia”, argumentou Feliciano. 

“O prefeito Bruno Covas tem que acabar com isso! Proporei audiência pública sobre o tema”, emendou o deputado. 

Na madrugada desse domingo, segundo informou agentes do 16º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano (BPM/M), acontecia uma operação na região de Paraisópolis quando dois homens, em uma motocicleta, dispararam contra os policiais. A moto teria fugido em direção ao local onde acontecia o baile, ainda atirando, o que gerou o tumulto e a perseguição por parte dos policiais. Cerca de 5 mil pessoas estavam no baile. A PM disse ainda que foi recebida com pedradas e garrafadas no local. 

Pessoas que estavam no baile e ficaram feridas, além de familiares contestam a versão da polícia.