Bahia / Educação

Conteúdo programático do concurso da PM e Corpo de Bombeiros é alterado

Saeb orienta sobre mudanças no concurso da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros

Foto: Carol Garcia/GOVBA
Policia Militar da Bahia
Serão disponibilizadas pela administração estadual 2 mil vagas para soldado da Polícia Militar

A Secretaria da Administração (Saeb) publica nesta quinta-feira (21), no Diário Oficial do Estado (DOE), retificação no conteúdo programático do concurso público para os quadros da Polícia Militar da Bahia e do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (https://bit.ly/37swgE3 - copie e cole o link em seu navegador). Para o cargo de soldado da PM, as alterações são nos assuntos das provas de conhecimentos gerais e de conhecimentos específicos.

Já para soldado do Corpo de Bombeiros, as alterações são nos assuntos da prova de conhecimentos específicos. As mudanças podem ser consultadas no Portal do Servidor (http://www.portaldoservidor.ba.gov.br/) e no site da organizadora do certame, o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), disponível no endereço www.ibfc.org.br. 

Na mesma ocasião, a Saeb e as duas corporações publicam conjuntamente aviso aos candidatos inscritos no certame pelo sistema de reserva de vagas. Como previsto no edital de abertura de inscrições, os candidatos que optarem pela desistência de vagas reservadas para negros poderão realizar esta solicitação de 22 a 26 de novembro, observando o horário estipulado na publicação desta quinta-feira (21). A solicitação deve ser feita no site institucional da IBFC.

Serão disponibilizadas pela administração estadual 2 mil vagas para soldado da Polícia Militar da Bahia e outras 500 vagas para o Corpo de Bombeiros Militar da Bahia, totalizando 2,5 mil oportunidades.

Mil policiais militares e 250 bombeiros militares terão ingresso em 2020. O excedente será incorporado ao serviço público em 2021. De acordo com o Decreto Estadual nº 15.353/2014, 30% das vagas ofertadas em concursos públicos na Bahia são reservadas a candidatos que se autodeclararem negros. O certame tem validade de um ano e as convocações irão observar a necessidade da administração pública.