Adiberto de Souza

Sergipe é abandonado ao óleo derramado

Quisesse mesmo socorrer Sergipe do mar de óleo cru que invadiu as nossas praias, o governo de Jair Bolsonaro (PL) não esperava ser acionado judicialmente para tomar providências. Pior é que, mesmo chamado à responsabilidade, este governo militar ainda não adotou quaisquer medidas para reduzir a poluição dos rios sergipanos. Aliás, a única ação visível do Palácio do Planalto neste triste episódio foi mandar para Aracaju o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Sales.

Após sobrevoar algumas praias poluídas, o almofadinha bateu em retirada. O dito cujo só faltou dizer: “Se vira que o óleo é seu”.

Nunca na história deste país se viu tamanho desdém do governo federal para com Sergipe, o estado nordestino mais afetado pelo petróleo derramado no Atlântico.

Tudo bem que o capitão de pijama detesta os nordestinos, mas deveria, ao menos, respeitar os pouco mais de 310 mil sergipanos que votaram nele para governar o Brasil.

Crendeuspai!

Duelo agendado
MDB e PSB vão se enfrentar no dia 1º de dezembro. O vencedor governará São Francisco até o final de 2020. A eleição suplementar daquele município será disputada pelo ex-prefeito Ailton Nascimento (MDB) e por Luan Cardozo (PSB).

A eleição visa substituir a prefeita e o vice, respectivamente, Altair Nascimento (PSB) e Manoel Messias Araújo (PSD). Ambos foram cassados porque prometeram empregos em troca de votos.

Homem, vôte! 

De olho no TRE
A classe política estará de olho na sessão de hoje do Tribunal Regional Eleitoral. É que serão julgados os embargos impetrados pelo governador Belivaldo Chagas (PSD) e a vice Eliane Aquino (PT).

Os dois foram cassados sob a acusação de abuso da máquina pública.

O TRE também conclui nesta terça o julgamento do prefeito e da vice de Ilha as Flores, Cristiano Cavalcante e Eleni Lisboa - ambos do PSC - acusados de abusarem do poder econômico.

Vixe! 

Filha ilustre
Na véspera do Dia dos Professores, a Câmara de Aracaju homenageou com o Título de Cidadã a pedagoga Nádia Maria da Silva Cardoso.

A nova aracajuana nasceu em Salvador e há mais de 30 anos é professora da rede estadual, tendo ensinado em várias escolas da capital sergipana.

Casada com o jornalista Marcos Cardoso, Nádia é coordenadora da Assessoria Internacional da Secretaria da Educação.

Legal!

Tá no páreo
Conforme a coluna previu, o ex-governador Jackson Barreto (MDB) não pensa em se aposentar da política. Segundo publica, hoje, o Jornal da Cidade, o projeto de JB é disputar uma cadeira na Câmara federal, em 2022.

“Por isso o estranhamento dele com o presidente do MDB, deputado federal Fábio Reis, que deve tentar a reeleição”, revela o JC. Jackson tem percorrido o interior, levando seu apoio aos aliados pré-candidatos a prefeito e vereador, esperando ser retribuído eleitoralmente por eles em 2022.

Ah, bom!

Doença da alma
Pesquisa do Ibope revela que 67% das pessoas acreditam que já deixaram de ser contratadas para uma vaga por serem negras. E seis em cada 10 informaram que já foram vítimas de discriminação no ambiente de trabalho.

“O gerente disse que eu deveria tirar as tranças e alisar o cabelo para ficar mais bonita”, contou uma das entrevistadas. Os racistas são doentes da alma, um mal incurável.

Misericórdia!

O diabo é o padre
De malas prontas para desembarcar do PCdoB, o prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, anda de olho espichado para o PDT. O comunista será bem recebido no partido comandado pelo deputado federal Fábio Henrique. Foi avisado, porém, que não pode apoiar a reeleição do prefeito de Socorro, padre Inaldo Silva (PCdoB). É que o PDT vai tentar retomar do vigário a prefeitura socorrense, que já foi administrada por Fábio Henrique.

Marminino!

Longe da política
E o ex-senador Eduardo Amorim (PSDB) tem passado ao largo das discussões políticas. Seu foco ultimamente tem sido a Medicina, profissão que abraçou há exatos 30 anos.

Ontem, o tucano postou o seguinte nas redes sociais: “Com a graça de Deus e muita disposição, chegando ao centro cirúrgico para fazer o que mais gosto: cuidar das pessoas”.

O tucano jura que, após três décadas de formado, continua com a mesma dedicação, “respeitando e tratando com humanidade os pacientes”.

Muito bem!

Direita, volver!
O deputado estadual Rodrigo Valadares (PTB) ficou tiririca da vida porque o governo de Sergipe não aceitou instalar no estado a escola cívico militar: “É uma pena que ideologia e política prejudiquem um bem da população”, protestou o parlamentar direitista.

Diferente do que pensa Rodrigo, autoridades em educação garantem que esse tipo de escola fere os princípios da reserva legal, da gestão democrática do ensino público e da valorização dos profissionais da educação.

Aff Maria!

Nas ondas do rádio
Os 60 anos da Rádio Cultura/AM foram lembrados pela Câmara Municipal de Aracaju, graças a requerimento do vereador Jason Neto (PDT).

Fundada em 21 de novembro de 1959 por Dom José Vicente Távora, então bispo de Aracaju, a Rádio Cultura tinha como objetivo propagar o projeto do Movimento de Educação de Base, que levava a educação ao homem do campo. Hoje, a programação da emissora católica inclui conteúdos culturais, educativos, informativos e religiosos.

E viva o “papagaio” falador!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano Diário da Tarde, em 2 de dezembro de 1933.