Moda

Muzenza recebe 5ª seletiva de modelos para o Afro Fashion Day

Seleção de new faces acontece na sexta-feira (20), em Plataforma

Foto: Bocciaphoto
Afro Fashion
Podem participar jovens de 13 a 24 anos, moradores de Salvador e Região Metropolitana.

Criado em 1982, no bairro da Liberdade, o Grêmio Recreativo e Cultural Muzenza acumula mais de três décadas de história. Inicialmente um bloco de carnaval, o grupo trouxe como conceito um tributo à cultura afro jamaicana, em homenagem ao cantor Bob Marley, apresentando o ritmo afroreggae para o Carnaval de Salvador.

Após 37 anos, o Muzenza é muito mais que um bloco. Tornou-se uma agremiação recreativa-cultural focada em ações socioculturais, com foco na transformação social e disseminação da cultura e orgulho negros.

Como parte da sua atuação sociopolítica, o Muzenza sedia na próxima sexta-feira, dia 20, das 14h às 17h, no Centro Cultural de Plataforma (Praça São Braz), a quinta seletiva de modelos não agenciados para o Afro Fashion Day, desfile realizado no mês de novembro pelo Jornal Correio, criado em 2015 como uma plataforma para adolescentes e jovens adultos negros mostrarem o seu protagonismo, beleza e representatividade na moda.

Interessados em participar da seletiva de novos modelos para a quinta edição do AFD podem se inscrever previamente pelo link bit.ly/afdseletivas2019. Não é necessário residir no bairro para se inscrever. Podem participar jovens de 13 a 24 anos, moradores de Salvador e Região Metropolitana.

Em busca de novos talentos, a comissão avaliadora é composta por Fagner Bispo, curador do evento; pelo produtor de moda Siry Brasil, rei e coordenador da ala de dança do Muzenza; pela designer de acessórios Rebeca Matos, da marca Maria Coruja Ateliê, e pelo modelo e produtor cultural da FocusModa Jonas Bueno, vencedor da seletiva de modelos de 2018.

“O trabalho do Muzenza é voltado para o ensino, a disseminação da cultura africana e do empoderamento negro. Desse modo, o Afro Fashion Day é um projeto que vale a pena o esforço; os que já modelaram no desfile e conseguiram crescer na área são um exemplo para todos. Nosso desejo é proporcionar isso a todos os jovens negros”, explica o presidente do Muzenza, Jorge Santos, sobre a importância do Afro Fashion Day.