Música

Deu no New York Times: Daniela Mercury "é um turbilhão" de ideias

Jornal americano publicou um longo texto sobre a cantora baiana

Foto: Célia Santos/Divulgação
Daniela Mercury
Daniela Mercury

Daniela Mercury teve um longo perfil publicado nesta segunda-feira (16 de setembro) pelo jornal americano The New York Times.

Assinado pelo jornalista James Gavin, o texto falou sobre a carreira da cantora baiana, a influência da dança e o posicionamento político de Daniela na luta por direitos humanos.

O texto começa afirmando que "assistir a um show da cantora e dançarina Daniela Mercury, uma das maiores estrelas do Brasil há quase 30 anos, é mergulhar em uma fantasia pulsante e hiperenergizada de sua cidade natal, Salvador e Bahia, provavelmente a maior cidade africana fora da África".

E explica, para o público americano: "O palco está repleto de dançarinos em trajes afro-brasileiros; uma bateria de bateristas libera os ritmos do axé, o pop densamente percussivo de Salvador que Mercury tornou famoso".

Mais adiante, o jornalista escreve: "O tempo todo ela canta, com doçura rouca e precisão sincopada. Enquanto suas produções contam com alguns dos coreógrafos, diretores e músicos mais talentosos de Salvador, os conceitos, muitas das músicas e as escolhas significativas são dela".

Nas redes sociais, Daniela Mercury, que está em turnê nos Estados Unidos disse que a reportagem é toda a sua história. "É o que eu sou: uma artista engajada com a luta pelos direitos humanos, pela liberdade e contra a opressão".

Daniela Mercury faz show em Nova York nesta terça-feira (17 de setembro), às 21h, no Sony Hall, em Manhattan. Na quarta-feira (18) se apresenta na House Of Blues, em Houston e na sexta-feira (20) na House Of Blues de New Orleans.