Esportes

Bahia empata com o Grêmio nas quartas de final da Copa do Brasil

Agora o Bahia define na Fonte Nova

Foto: Grêmio
Jogadores do Bahia e Grêmio
Cebolinha pode estar se despedindo do Grêmio

Na partida que pode ter marcado a despedida do atacante Everton, o Grêmio saiu de campo vaiado pelos mais de 25 mil torcedores presentes na Arena do Grêmio na noite desta quarta-feira ao empatar com o Bahia, por 1 a 1, pela partida de ida das quartas de final da Copa do Brasil.

Os dois times voltam a se enfrentar na próxima quarta, às 19h15, na Arena Fonte Nova, em Salvador. Como gol fora de casa não vale mais como critério de desempate, a decisão vai para os pênaltis em caso de nova igualdade. Quem passar enfrenta o vencedor de Athletico-PR e Flamengo.

Valorizado após ser o artilheiro da Copa América ao lado de Paolo Guerrero, cada um com três gols, Everton recebeu algumas consultados de clubes europeus nos últimos dias, mas seu futuro ainda está em aberto. O atacante tem contrato até dezembro de 2022 e a multa é de aproximadamente R$ 341 milhões.

Como já era esperado, o Grêmio começou a partida em cima do Bahia, que procurava se defender e explorar o contra-ataque. Em alta depois de conquistar o título da Copa América pela Seleção Brasileira, Everton estava sendo muito bem marcado.

Aos 23, Alisson fez boa jogada individual e cruzou rasteiro, mas a bola passou por André e ficou com o goleiro Douglas. A resposta do Bahia veio na sequência. Eric Ramires recebeu de Elber e finalizou de primeira, assustando Paulo Victor.

Em um dos poucos espaços que teve, Everton chutou, a bola desviou na zaga e passou raspando a trave. Na cobrança de escanteio, Jean Pyerre bateu de primeira e acertou a trave de Douglas. Aos 37, Alisson ajeitou e André cabeceou para boa defesa do goleiro baiano.

Nos minutos finais do primeiro tempo, o Grêmio esboçou uma pressão. Jean Pyerre chutou de fora da área e Douglas segurou sem dar rebote. 

Aos 45, Everton recebeu passe de Jean Pyerre e foi derrubado quando tentou driblar o goleiro. O próprio camisa 11 foi para a cobrança e abriu o placar.

Logo aos três minutos do segundo tempo, a defesa do Grêmio falhou após escanteio cobrado por Artur e Gilberto, livre na segunda trave, completou de cabeça para o gol aberto. Na sequência, Everton recebeu de Jean Pyerre e cruzou rasteiro nas mãos de Douglas. Era uma boa oportunidade para o Grêmio.

A torcida tricolor sentiu o gol e dava os primeiros sinais de impaciência com os passes errados do time. Aos 22, Everton arriscou rasteiro de fora da área e assustou Douglas. Na sequência foi a vez de Luan, que entrou no lugar de Jean Pyerre, chutar por cima.

Na tentativa de dar uma maior experiência ao meio-campo do Bahia, o técnico Roger Machado promoveu a estreia de Guerra - recém-emprestado pelo Palmeiras - na vaga do jovem Eric Ramires. Aos 33, Artur desceu nas costas de Cortez e bateu rasteiro para defesa de Paulo Victor.

Bastante vaiado pelos torcedores, André deu lugar para Felipe Vizeu na última alteração feita por Renato Gaúcho. No entanto, pouco depois, o atacante sentiu o joelho após uma dividida com Lucas Fonseca e foi para o vestiário, deixando o Grêmio com um homem a menos nos minutos finais.

E quase que o Bahia se aproveitou da vantagem numérica nos acréscimos. Artur passou por Kannemann, invadiu a área e bateu na saída de Paulo Victor. A bola passou muito próxima ao travessão.

Antes do jogo de volta da Copa do Brasil, os dois times entram em campo no sábado, pela décima rodada do Brasileirão. O Grêmio recebe o Vasco da Gama, às 17 horas, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, enquanto o Bahia tem pela frente o Santos, às 19 horas, no Pituaçu, em Salvador.