Política

"Homossexualidade enrustida": Wyllys dispara contra Carlos

O ex-deputado federal Jean Wyllys (PSOL) disparou críticas ao comportamento do vereador Carlos Bolsonaro

Foto: Divulgação

O ex-deputado federal Jean Wyllys (PSOL) criticou o vereador e filho do presidente da República Jair Bolsonaro, Carlos Bolsonaro (PSL). Nesta segunda-feira (18) em seu perfil oficial do Twitter, Wyllys afirmou que o vereador deveria lidar melhor com sua sexualidade.

“O filho do presidente teve todas as chances e meios de enfrentar a homofobia do pai e ser uma bicha como eu sou - orgulhosa de mim, inteligente, ativista e honrada, disposta a lutar por justiça social  - mas optou por ser essa vergonhosa fábrica de fake news homofóbicas”, escreveu.

Jean Wyllys ainda seguiu dizendo que, se Carlos Bolsonaro não emitisse preconceito algum, ele não estaria fazendo as críticas. “Se essa bicha travada num armário vivesse sua homossexualidade com vergonha mas sem fazer danos à reputação de ninguém em função desta, eu jamais iria me referir à sua orientação sexual vivida com culpa e medo. Deixaria ela lá em seu armário, destruindo-se por dentro”, assegurou.

O filho do presidente não respondeu à fala do ex-deputado, que finalizou dizendo que “aliás, quero deixar claro que só estou me referindo à homossexualidade enrustida do filho homofóbico, burro e mau do presidente porque esta vem sendo o motor horrores perpetrados por ele contra mim e outras pessoas honradas na internet”.