Esportes

Flamengo precisa vencer o CSA para voltar ao G4 do Brasileiro

O jogo será no Estádio Mané Garrincha, em Brasília

Foto: Flamengo
O empate com o Fluminense tirou o Flamengo do G4
O empate com o Fluminense tirou o Flamengo do G4

A nona rodada do Brasileirão será disputada de forma completa neste meio de semana e será a última antes da parada de quase um mês para a disputa da Copa América. De olho em retornar ao G4, o Flamengo encara o CSA, nesta quarta-feira (12), às 21h30, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília - já que o time nordestino venceu o mando de campo.

Com 14 pontos, o Mengão aparece na quinta colocação e saiu do G4 na rodada passada após o empate sem gols no clássico contra o Fluminense. O Rubro-Negro está um ponto atrás de Atlético-MG e Botafogo, que tem 15 e são os primeiros times dentro da zona de classificação.

Já o CSA vive um momento totalmente diferente. Vindo de duas derrotas seguidas - para Atlético-MG e Botafogo - o time alagoano aparece na 19ª e penúltima colocação com apenas seis pontos. Ao todo são quatro derrotas, três empates e apenas uma vitória em ito jogos.

O CSA tem a sua última chance para sair da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro antes da parada para a Copa América. Com duas derrotas consecutivas, o time de Marcelo Cabo despencou na classificação e joga o ‘tudo ou nada’ contra o Flamengo. A principal preocupação do técnico Marcelo Cabo é com o ataque, pior da competição: apenas três gols marcados em oito jogos.

Do jogo contra o Botafogo, o técnico Marcelo Cabo perdeu o zagueiro Luciano Castán e o volante Naldo, suspensos pelo terceiro cartão amarelo. No meio de campo, Matheus Sávio está emprestado pelo Flamengo e não poderá atuar por força de contrato, aumentando o número de baixas do treinador. As mudanças deixam o clube em uma ‘saia justa’.

A grande mudanças proposta pelo treinador está na ‘postura’. Cabo quer ver o CSA atuar com uma atitude mais aguerrida e explorando mais o contra-ataque em velocidade. A tendência é que Jonathan Gómez faça a sua estreia no meio de campo com Dawhan e Nilton. Didira, mesmo com dores na coxa, viajou com a deleção para a Brasília e deve jogar.

FLAMENGO
A comissão técnica do Flamengo confirmou que o time terá quatro desfalques para a partida contra o CSA. Além do lateral-direito Pará, suspenso, estão fora o goleiro Diego Alves, o zagueiro Léo Duarte e o meia Diego Ribas.

Pará recebeu o terceiro cartão amarelo no empate em 0 a 0 do último domingo contra o Fluminense. Com isso, Rodinei, que não entra em campo desde o final do jogo contra o Athletico-PR, pela sexta rodada, deve voltar a ter uma oportunidade pela equipe, a primeira com o interino Marcelo Salles.

Já Diego Alves perderá a última partida antes da parada para a Copa América devido a um edema na coxa esquerda e deve ser substituído mais uma vez por César. O camisa 37 frequentemente tem atuado pela equipe carioca este ano - entre Brasileirão, Copa Libertadores e Campeonato Carioca, já jogou nove vezes, tendo sofrido oito gols.

No miolo de zaga, Léo Duarte, com dores no tornozelo direito, dará lugar a Thuler, que também não entra em campo desde a vitória por 3 a 2 sobre a equipe paranaense, na última apresentação do time sob o comando do ex-técnico Abel Braga.

Diego Ribas, por sua vez, chegou a ser sacado da equipe no intervalo do Fla-Flu, sentindo um edema na panturrilha direita. Como o uruguaio Arrascaeta, com quem o camisa 10 tem disputado vaga no time durante a temporada, está com a seleção de seu país para a disputa da Copa América, Diego deve ser substituído por Vitinho. Também convocados para o torneio continental de seleções, ficam de fora deste duelo em Brasília o volante colombiano Cuellar e o lateral-esquerdo peruano Trauco.