Artes Visuais

Nazareth Pacheco apresenta exposição inédita na Galeria Kogan Amaro

Em Registros/Records, a artista retorna ao caráter autobiográfico de sua obra

Foto: Divulgação

A mostra será aberta neste sábado (18/5), na Alameda Franca, 1054, no Jardim Paulista.

Parte de uma geração de artistas que despontou entre as décadas de 1980 e 1990, tempo em que o País entrava em ebulição com pautas relacionadas à mulher, Nazareth Pacheco tomou sua condição feminina e sua biografia, em particular as narrativas relacionadas à história de seu corpo, como matéria-prima para suas obras tridimensionais.

Após um mergulho no passado, em meio às lembranças afetivas, a artista dá vida a trabalhos inéditos, agora exibidos em Registros/Records, individual que estreia na Galeria Kogan Amaro.

A mostra reúne trabalhos que evidenciam sua produção artística dos últimos cinco anos, período em que Nazareth Pacheco viveu o luto de seus pais, figuras importantes em sua trajetória e formação, e algumas tantas intervenções cirúrgicas em seu corpo, decorrentes de um problema congênito que a acompanha desde a infância.

A artista conjuga passado e presente, ideia aparente em Registros (2019), instalação feita a partir de recortes de exames médicos seus e dos seus pais.