Esportes

Caso Sidão: Jogadores e clubes se solidarizam com goleiro

Neymar, Moisés e até Casagrande se solidarizam com o atleta

Foto: Divulgação

O prêmio “craque do jogo”, entregue pela Rede Globo ao jogador mais votado pelos torcedores causou constrangimento neste domingo (12) ao ser concedido para o goleiro do Vasco, Sidão. O arqueiro acabou falhando no primeiro gol e teve participação direta na derrota do Vasco para o Santos por 3x0.

A situação embaraçosa fez com que jogadores, treinadores, clubes e até a própria Globo se pronunciasse sobre o ocorrido. O comentarista da emissora, Casagrande, fez uma postagem em seu Instagram em que tratou como “troféu ridículo” e pediu desculpas a Sidão.

Jogadores como Neymar, Maxi Lopéz (que é jogador do Vasco), Moisés e outros também se pronunciaram e se solidarizaram com o jogador. “Muito triste ver essas coisas, faz parte ter um dia ruim, mas nem por isso podem fazer essas coisas. Você é grande craque, acredite em quem acreditou em você no começo, sua família e seus amigos de verdade”, disse Neymar em postagem no Instagram.

A emissora pediu desculpas ao atleta através de uma publicação no globesporte.com e informou que o formato da premiação vai ser alterado contando com a participação e opinião dos comentaristas da empresa evitando outra cena constrangedora.

O Santos se pronunciou através do Twitter e publicou um trecho de uma música que dizia para Sidão erguer a cabeça. O Vasco repudiou a atitude através de uma nota e ainda cobrou a empresa que se desculpasse publicamente com o Vasco e não apenas com Sidão.

“Acreditamos que a emissora – uma importante parceira não apenas do Vasco da Gama, mas do futebol brasileiro – terá a habitual sensibilidade para conduzir este caso e, se assim entender, manifestar publicamente um pedido de desculpas ao Clube de Regatas Vasco da Gama e a seus torcedores, assim como já o fez ao profissional Sidão”, diz um trecho da nota oficial do Vasco.

"Foi um dos piores dias da minha vida. Por ser dia das mães e estar com o nome da minha mãe nas costas. Hoje vai ficar marcado de uma forma bem triste", falou Sidão na zona mista.