Brasil

Mega-Sena: 1 aposta leva o prêmio acumulado de R$ 286 milhões

Concurso recebeu um adicional de 22% no valor do prêmio

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
As lotéricas receberam apostas até as 19h deste sábado (11/5)
As lotéricas receberam apostas até as 19h deste sábado (11/5)

A Caixa realizou na noite deste sábado (11/5) o concurso 2.150 da Mega-Sena.

As dezenas sorteadas foram:

1 aposta acertou as 6 dezenas e levou o prêmio de R$ 289.420.865. 

838 apostas fizeram a quina e cada uma leva R$ 30.450,20.

A quadra saiu para 56.994 apostas, cada uma com o prêmio de R$ 639,59.

Este foi o maior prêmio na modalidade, considerando-se apenas os concursos regulares (sem Mega da Virada) e o 3º maior prêmio da história das Loterias CAIXA. 

O segundo maior valor acumulado nesta categoria até este sábado é o concurso de número 1763, de 21 de novembro de 2015, que ficou acumulado em R$ 200 milhões.

Foram 126,3 milhões de apostas.

A estimativa de prêmio do próximo concurso, no dia 15 (os sorteios da Mega-Sena são realizados duas vezes por semana, às quartas e aos sábados), é de R$ 3 milhões.

Além do prêmio acumulado dos sorteios anteriores, o concurso deste sábado (2.150), por ter final 0, recebe um adicional de 22% no valor do prêmio, que é acumulado ao longo dos demais sorteios. Todos os concursos de final 0 e 5 recebem esse adicional. 

Dos dez maiores prêmios da história da modalidade, oito foram em concurso de final 0 ou 5. 

O valor do prêmio é também diretamente influenciado pela arrecadação, ou seja, pelo volume de vendas.

Por esse motivo, as divulgações de valor de premiação das Loterias são sempre uma estimativa, já que a arrecadação de cada concurso é fechada uma hora antes do horário marcado para os sorteios.

Segundo a Caixa, a chance de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada.

A probabilidade de ganhar o prêmio milionário com uma aposta simples, com seis dezenas, é de 1 em 50 milhões. Para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 17.517,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003.

Preços e probabilidades

Quantidade de nº jogados Valor de aposta Probabilidade de acerto (1 em)
Sena Quina Quadra
6 R$ 3,50 50.063.860 154.518 2.332
7 R$ 24,50 7.151.980 44.981 1.038
8 R$ 98,00 1.787.995 17.192 539
9 R$ 294,00 595.998 7.791 312
10 R$ 735,00 238.399 3.973 195
11 R$ 1.617,00 108.363 2.211 129
12 R$ 3.234,00 54.182 1.317 90
13 R$ 6.006,00 29.175 828 65
14 R$ 10.510,50 16.671 544 48
15 R$ 17.517,50 10.003 370 37

Como o prêmio é dividido

O prêmio bruto corresponde a 43,35% da arrecadação. Dessa porcentagem:

-- 35% são distribuídos entre os acertadores dos 6 números sorteados (Sena);

-- 19% entre os acertadores de 5 números (Quina);

-- 19% entre os acertadores de 4 números (Quadra);

-- 22% ficam acumulados e são distribuídos aos acertadores dos 6 números nos concursos de final 0 ou 5.

-- 5% ficam acumulados para a primeira faixa - sena - do último concurso do ano de final 0 ou 5 (Mega da Virada).

Como receber o dinheiro do prêmio

Apostadores de todo o país sonham em acertar as seis dezenas da Mega-Sena e ficar milionário, mas nem todos sabem que existem duas regras essenciais para proteger o prêmio antes mesmo de sacar: a identificação do bilhete e o prazo de prescrição.

Rodrigo Hori, gerente nacional de Apoio a Produtos Lotéricos da CAIXA, explica que o primeiro passo é conferir a aposta e logo em seguida fazer a identificação, preenchendo os dados que constam no verso do bilhete. “Uma das recomendações que a gente passa é que o apostador se identifique. Então isso já protege o apostador para receber o prêmio depois”, afirma. Caso ocorra perda ou roubo do bilhete com a identificação, o prêmio não poderá ser sacado por terceiros.

É preciso também ficar atento aos prazos para resgate do prêmio. O apostador tem até 90 dias corridos a partir da data do sorteio para sacar o valor, tanto em agências bancárias quanto nas casas lotéricas. Hori explica que o início do prazo é contado a partir do dia seguinte da realização do sorteio. “Por exemplo, no caso da Mega da Virada, em que o sorteio acontece no dia 31, o prazo começa a contar a partir do dia 1º de janeiro”, disse o gerente.

Decorrido o prazo prescricional, os valores são repassados ao Tesouro Nacional para aplicação no Fundo de Financiamento Estudantil. Em 2018, R$ 266,6 milhões deixaram de ser sacados e foram revertidos para o FIES.

Para prêmios de menor valor, até R$ 1.903,98, o ganhador tem a opção de sacar o valor tanto nas lotéricas quanto nas agências da CAIXA. Acima desse valor, o prêmio só pode ser retirado nas agências. Os valores são válidos para todos os canais onde é possível realizar apostas – lotéricas, Internet Banking CAIXA e Portal Loterias Online da CAIXA, sempre portando o bilhete emitido pela lotérica ou impresso dos canais digitais, além do documento de identificação.

No Loterias Online, para conferir se o bilhete foi premiado basta apenas um clique, e, no caso de premiação, é necessário imprimir o bilhete gerado pelo sistema. “Ele já vem identificado quando se faz online. Já vem com o código de barras e o número do bilhete. Ao imprimir o bilhete, o apostador leva até a agência bancária e saca com os dados que estão impressos”, explica Hori.

Para prêmios de valor até R$ 1.903,98 de apostas realizadas no Loterias Online, além do saque presencial, o ganhador ainda tem a opção de creditar diretamente para a conta do Mercado Pago.