Alex Ferraz

9 coisas esquisitas que os repórteres fazem ou aparecem na TV

Direto ao ponto:

1) Por que repórteres televisivos, quando fazem cobertura de eventos solenes (ou tidos  como tal) insistem em sussurrar falando do recinto onde ainda acontece a coisa? Não seria mais lógico sairem e narrar do lado de fora?

2) Volta e meia, notícias sobre cigarros falsificados contrabandeados do Paraguai. E a advertência de que são um "risco para a saúde." Está bom. E os genuínos são medicinais?

3) E nos filmes B, ditos de ação, por que as pessoas perseguidas por um motorista insistem em correr na frente do carro, em vez de caírem fora da estrada?

4) Alguém consegue ler as advertências obrigatórias ao final de comerciais de remédios? Elas duram um décimo de segundo, quando muito...

5) Impressionante como apresentadores e repórteres insistem em atribuir seriamente a um "milagre" o fato de alguém ter escapado vivo de um desastre qualquer. 

6) E a pergunta: "O senhor acha bom esse mutirão para exames gratuitos?" Não, ele prefere a distribuição gratuita de mosquitos com dengue ou lenços com vírus da gripe H1N1. Cada uma!

7) Tem aquela do carro que perdeu o controle. E a gente tolamente pensando que seria o motorista quem controla o veículo...

8) Por que se lamenta o assassinato de "uma mulher tão bonita e jovem?" Só feias e velhas "devem" ser vítimas?

9) E para finalizar: qual é o caso das  criancinhas  chinesas, que insistem em ficar presas entre paredes de prédios?