Mundo / Segurança

Deputada descobre assassinato da filha em plena sessão

O caso aconteceu no México

Uma deputada chamada Carmen Medel, durante sessão no Congresso mexicano, se desesperou ao saber por telefone do assassinato de sua filha Valeria Cruz Medel, 22 anos. De acordo com os jornais locais, um homem armado teria entrado em uma academia na cidade de Mendonza, no estado de Veracruz, e disparado contra Valeria. O corpo da garota, que estudava medicina, tombou entre os equipamentos de ginástica e pesos. 

De acordo com Miguel Linares, prefeito do município, a estudante foi confundida com outra mulher que frequentava a mesma academia de Valeria, que estaria envolvida com o crime organizado. Um dos suspeitos de matar a jovem foi encontrado morto horas depois dentro de um veículo. Ele seria conhecido como “El Richy”. 

Ao saber da morte da filha, a deputada Medel sofreu um colapso nervoso e começou a gritar e bater nos assentos vizinhos. O presidente da Câmara, Porfírio Muñoz Ledo, solicitou a atenção dos serviços de emergência e lamentou o assassinato. “Não posso deixar passar este momento sem sublinhar o estado grave da nação, a vulnerabilidade das famílias e, acima de tudo, a impunidade. Que neste caso não aconteça”, declarou. 

No Facebook da deputada, muitos internautas mostraram sua solidariedade. “Estamos unidos em oração. Que encontre paz e consolo nesse momento tão difícil. Oremos também para que se faça justiça”, escreveu um seguidos. Em 2018, o país já teve mais de 22 mil homicídios. O trabalho legislativo na Casa será retomado na próxima terça-feira (13).