Brasil / Educação

Fórmulas de química que você precisa saber para o Enem

Prova de Ciências da Natureza e suas Tecnologias será realizada no próximo domingo (11)

A segunda parte do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) está chegando e, com ela, os estudantes farão as provas do caderno de Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias.

Para obter sucesso na hora de responder 90 questões de física, química, biologia e matemática, durante cinco horas, é importante que os alunos conheçam as fórmulas necessárias para a execução dos assuntos.

Um ano inteiro de estudos e conhecimento adquirido é essencial, mas, em alguns casos, a famosa “decoreba” também é importante. Inclusive, a disciplina de química precisa de muita atenção, pois algumas reações e fenômenos só podem ser calculados por meio de modelos específicos, muitas vezes precisando ser decorados pelos feras. 

Com ajuda do professor Berg Figueiredo, o LeiaJa.com trouxe uma lista com as fórmulas mais importantes da disciplina. “É essencial que os alunos saibam identificar as fórmulas e aplicá-las dentro do que o enunciado pede, para, assim, conseguir alcançar bons resultados no Exame”, explica o docente. Confira os modelos abaixo:

Cálculo de pH

pH = - log[H+]

[H+] = concentração molar dos íons H+

Cálculo de solução da concentração molar

M = m/MM.V

M = concentração molar

m = massa (em gramas)

MM = Massa molar

V = volume (em litros)

Equilíbrio químico (constante de equilíbrio)

Ke = produto/reagente

Termoquímica

Δg = Δh - t.Δs

Δg = variação da energia livre

Δh = variação de entalpia

t = temperatura

Δs = variação de entropia

Lei dos gases

p.v = m.r.t

p = pressão

v = volume

m = número de mols

r = constante dos gases

t = temperatura (em Kelvins)

Eletroquímica 

ddp = potencial do cátodo - potencial do ânodo

ddp = diferença de potencial

Cálculo de meia-vida

massa final = massa inicial/2?

x = número de meia-vida