Cidade

Imagem venerada em Angola é recebida por fiéis em Salvador

A imagem é a mais venerada em Angola

Foto: Kithi
A imagem de Nossa Senhora da Conceição da Muxima, em carro do Corpo de Bombeiros
A imagem de Nossa Senhora da Conceição da Muxima, em carro do Corpo de Bombeiros

Acaba de chegar a Salvador a imagem de Nossa Senhora da Conceição da Muxima, padroeira de Angola, para ser canonizada em festividade que acontecerá no domingo (21/10), na Igreja Nossa Senhora dos Pretos, no Pelourinho.

Chamada de Mamã Muxima (palavra que na língua quimbundo, falada em Angola, significa "coração"), a imagem é a mais venerada naquele país. 

No vídeo, Isabel de Brito, angolana que trouxe a imagem a Salvador, fala ao Leiamais.ba sobre a santa

Conforme a Unesco-Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura, Muxima, uma vila da província do Bengo, foi ocupada em 1589 pelos portugueses, sendo construída a Igreja de Nossa Senhora da Conceição 10 anos depois.

Conta a lenda que o santuário foi incendiado pelos Holandeses em 1648.

Somente depois da reconquista do local pelos portugueses que dois moradores da Vila de Muxima, estando em Luanda, reconheceram a imagem e a levaram de volta para a cidade de origem.

Desde 1883 a festa em sua homenagem é realizada no mês de agosto.

A imagem de Nossa Senhora da Conceição da Muxima é a mais venerada e de maior devoção popular em Angola e em toda a África, recebendo, anualmente, mais de 1 milhão de peregrinos.

No dia 27 de outubro de 2013, durante a missa dominical, foi alvo de tentativa de destruição, ficando com alguns danos.

Agora Mamã Muxima vem abençoar o Brasil e fazer morada em Salvador.

Analia Santana, da Irmandade da Irmandade do Rosário dos Pretos, fala ao Leiamais.ba sobre a chegada da imagem a Salvador