Cidade

Incêndio na Assembleia Legislativa foi acidental, aponta laudo

O laudo do Departamento de Polícia Técnica (DPT) descartou a hipótese de fogo criminoso

Foto: Divulgação

A investigação conduzida pela 11ª Delegacia Territorial (DT/Tancredo Neves) concluiu que o incêndio ocorrido na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), no dia 28 de julho deste ano, foi acidental.

O laudo do Departamento de Polícia Técnica (DPT) descartou a hipótese de fogo criminoso. Peritos da Coordenação de Engenharia Legal encontraram indícios de que as chamas tiveram início na instalação elétrica e apontaram um curto-circuito como causa provável do incêndio.