Famosos

Repórter do Mais Você revela homossexualidade e assédio

'Me reconheci lésbica numa época em que ser homossexual não tinha nenhum glamour', contou Nadia Bochi

Foto: Reprodução

A repórter Nadia Bochi, do Mais Você, quebrou o silêncio e usou a internet para contar alguns detalhes da sua intimidade. Nadia publicou uma carta aberta no Facebook, na noite de quarta-feira (6), dizendo que é homossexual, e desabafou também sobre machismo e assédio.

"Me reconheci lésbica numa época em que ser homossexual não tinha nenhum glamour. Não existia beijo gay nas novelas, pelo contrário as lésbicas explodiam junto com os prédios. Aliás, até no cinema era difícil demais encontrar algum tipo de casal que me representasse", escreveu.

Nadia explicou que na década de 1990 trabalhou no canal de TV a cabo HBO e que teve a chance de 'sair do armário', e que era possível ser gay naquela época. A jornalista destacou na postagem da rede social que sempre se relacionou bem com a sua sexualidade.

Em um outro trecho, Nadia Bochi revelou que passou por momento de assédio. "Lembro da vez triste em que fui assediada por um chefe que insistia em, além de me beijar, questionar minha escolha de amar mulheres. Não permiti que o beijo acontecesse. Principalmente não deixei que aquele ato de violência colocasse em dúvida quem eu era. E mais uma vez, sei e reafirmo que tive muita sorte."

Aproveitando a oportunidade e o espaço na internet, Nadia frisou no texto que está tranquila com as suas ações como ser humano, e se enche de orgulho ao dizer que na maioria das vezes tem sido respeitada.