Cidade

Inaugurada passarela da Estação Mussurunga do metrô

O novo equipamento atende às normas técnicas de segurança e acessibilidade

Foto: Manu Dias/GOVBA
A Linha 2 do metrô já ganhou outras sete novas passarelas

Cada vez mais próximas da conclusão, as obras da Linha 2 do Metrô, que liga Salvador a Lauro de Freitas e percorre toda a avenida Paralela, já contam com mais uma passarela, que liga a Estação Mussurunga do Metrô ao Terminal de Ônibus e ao Parque de Exposições de Salvador.

Inaugurada nesta segunda-feira (4) pelo governador Rui Costa, a nova passarela possui 5,34 metros de largura e 630 metros de extensão, e foi construída em 16 meses com a participação de cerca de 110 colaboradores no pico da obra. A Linha 2 do metrô já ganhou outras sete novas passarelas.

“Nós devemos concluir todos os equipamentos até o final de julho. Nossa expectativa, inclusive, é entregar o terminal de ônibus de Lauro de Freitas no mais tardar na primeira semana de agosto. Com isso, nós teremos um acesso melhor, mas rápido e mais segurança para a população. As passarelas hoje auxiliam que o trânsito flua com maior facilidade, pois não há necessidade de sinaleiras por aqui. Somado às passarelas temos os viadutos e vias marginais. Enfim, o metrô trouxe, além da obra de mobilidade em si, uma mudança completa do viário da avenida Paralela e resolveu completamente o problema de trânsito aqui”, afirmou o governador Rui Costa.

O acesso à passarela, que tem capacidade para um fluxo de 24 mil pedestres por hora, pode ser feito através de duas escadas rolantes inteligentes - por dentro do terminal – sentido Centro, e sentido Aeroporto - e três rampas de acesso pela área externa do Terminal de Ônibus Mussurunga, canteiro central da Avenida Paralela e Parque de Exposições de Salvador. Os usuários também podem acessar a passarela por dentro do terminal, inclusive por um elevador.

O novo equipamento atende às normas técnicas de segurança e acessibilidade e conta com piso tátil e sinalização em braile no corrimão para orientar pessoas com deficiências visuais. O monitoramento de segurança é feito por 24 câmeras interligadas ao Centro de Controle Operacional da CCR Metrô Bahia e à Sala de Supervisão Operacional da Estação, além de rondas das Equipes de Segurança e iluminação em LED.

O valor total do investimento feito no Sistema Metroviário de Salvador e Lauro de Freitas é de R$ 5,6 bilhões, previsto no contrato. Esta passarela, assim como todas as outras, faz parte deste investimento.