Cidade / Segurança

Adolescente de 16 anos é acusada de matar o próprio filho

Ela já tinha passagem pela polícia; aos 14 tentou assassinar a irmã a pedradas

Uma adolescente de 16 anos é acusada de matar o próprio filho de 4 meses afogado. O crime aconteceu na manhã desta segunda-feira (4). A menor já tinha passagem pela polícia por uma tenatativa de homicídio. Aos 14 anos ela foi apreendida por ter dado uma pedrada, na cabeça da irmã, que na época tinha dois anos.

Na Delegacia para o Adolescente Infrator (DAI), em Brotas, familiares da menor falaram sobre o comportamento agressivo. O marido, que tirou o bebê do tanque de água, foi quem acionou a polícia.

"Ela está sendo ouvida e será indiciada por homicídio doloso. Com este histórico trata-se de um ser humano que precisa de um acompanhamento médico", comentou a titular da DAI, delegada Ana Virgínia.