Cidade

Sindicato dos rodoviários em Salvador aceita reajuste de 2,7%

Fim da greve será discutida em assembleia

O Sindicato dos Rodoviários aceitou a proposta de reajuste de 2,7% e a levará para discussão em assembleia às 4 horas da manhã desta quinta-feira (23/5), o que pode encerrar a greve do transporte coletivo em Salvador.

A posição do sindicato, segundo o presidente Hélio Ferreira, é de que o reajuste de 2,7% permite ganho real nos salários e tem a expectativa de que os ônibus voltem a rodar a partir das 5h.

"Essa é uma das melhores propostas oferecidas para a categoria no Brasil", disse o sindicalista.

Mais cedo, a audiência de conciliação entre o patronato e o Sindicato dos Rodoviários, na sede do Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região, em Nazaré, havia terminado sem acordo e um próximo encontro entre o sindicato e a Associação de Empresas de Transporte de Salvador estava marcado para segunda-feira (28) .

Os empresários aceitaram manter os direitos trabalhistas e a manutenção dos empregos e aplicar o reajuste de 2,7% sobre o tíquete-alimentação.

"Chegamos ao nosso limite e foi o máximo a que conseguimos chegar nesse momento", afirmou Hélio Ferreira, no início da noite desta quarta-feira.