Brasil / Curiosidades / Saúde

Quando a cirurgia plástica vai além da estética

Há procedimentos que promovem além do bem-estar físico e autoestima

Foto: Pixabay/Creative Commons
Há procedimentos realizados que são necessários para trazer melhorias físicas para os pacientes

A busca pela qualidade de vida passa necessariamente pela aceitação da autoimagem, requer autoestima elevada e bem-estar físico e emocional. A insatisfação com a aparência física impede milhares de pessoas de alcançar seus objetivos, causando frustração, tristeza e algumas vezes até mesmo a depressão.

Em alguns casos, os procedimentos realizados pela cirurgia plástica são necessários para trazer melhorias efetivamente físicas para os pacientes.

Segundo o cirurgião plástico Dr. Rafael Werneck, as pessoas se enganam ao tratar da cirurgia plástica apenas como uma vertente estética, já que, em diversos procedimentos, como retirada de pele após a cirurgia bariátrica, a blefaroplastia (cirurgia de pálpebras), mamoplastia, entre outros, são consideradas inúmeras melhorias à saúde, visando o bem-estar físico do paciente e não só estética.

“No caso da mamoplastia de redução, por exemplo, as melhorias físicas são muito grandes”, ressalta o cirurgião plástico, que também explica que a maior parte das mulheres com seios muito pesados e volumosos apresentam diversas queixas físicas como dores no peito, costas, coluna, ombros e até mesmo eczemas na pele e irritações na zona da alça do sutiã. “A longo prazo, este excesso de peso contribui para uma postura errada, o que causa tensões musculares e acentuação da cifose dorsal (curvatura das costas)”, alerta Rafael.

Ainda segundo o especialista, outro procedimento que foge apena da estética é a retirada do excesso de pele para pacientes que passaram pela cirurgia bariátrica e perderam grandes quantidades de peso.

“Nesses casos, a retirada da pele extra é essencial para que a pessoa retome atividades simples do dia a dia, como conseguir andar sem sentir dor causada por assaduras decorrentes do excesso de pele, voltar a praticar atividades físicas e evitar as dermatites e até mesmo infecções que podem surgir devido ao problema”, finaliza o médico.