Esportes

Daniel Alves marca de cabeça e Paris Saint-Germain vence o Nice de virada

Foi o 27º triunfo em 31 partidas na competição, resultado que levou o Paris Saint-Germain aos 83 pontos e deixou-o ainda mais próximo do título

Foi sofrido. Mas, com um gol de cabeça de Daniel Alves aos 36 minutos do segundo tempo, o Paris Saint-Germain obteve uma boa virada neste domingo e derrotou o Nice por 2 a 1, fora de casa, pela 31ª rodada do Campeonato Francês.

Foi o 27º triunfo em 31 partidas na competição, resultado que levou o Paris Saint-Germain aos 83 pontos e deixou-o ainda mais próximo do título. Vice-líder e com um jogo a menos, o Monaco soma 66 e precisa de uma reviravolta histórica para alcançar o adversário. Já o Nice permaneceu com 42, em oitavo.

Ainda sem contar com Neymar, que segue sua recuperação após passar por uma cirurgia, o Paris Saint-Germain escalou seus principais jogadores para o duelo. Os brasileiros Daniel Alves e Thiago Silva, assim, foram a campo, assim como o trio ofensivo formado por Di María, Cavani e Mbappé. A novidade ficou pela presença do alemão Julian Draxler na armação.

O Nice, contudo, ignorou o badalado adversário e foi melhor nos primeiros minutos. Com boa movimentação ofensiva, Balotelli dava trabalho à zaga do PSG. E, assim, logo aos 16 minutos, o atacante italiano deu bom toque de peito e iniciou rápido contra-ataque. Pleá, então, lançou e Saint-Maximin recebeu sozinho para tocar na saída de Aréola.

A resposta, então, foi quase imediata. Aos 19, de letra, Di María quase fez um golaço. E, no minuto seguinte, após rápido contra-ataque, o argentino carregou, deu bom drible em Dante e marcou um bonito gol de empate.

A partir daí, o duelo ficou aberto. As duas equipes criaram boas chances e se aproximaram do segundo. O PSG chegou a marcar aos dez minutos do segundo tempo, com Mbappé, após passe de letra espetacular de Di María. Mas a arbitragem corretamente assinalou impedimento. A resposta veio aos 29, quando Balotelli acertou cabeçada no travessão.

E, quando o duelo parecia que terminaria empatado, Rabiot deu bom lançamento e, sozinho, aos 36, Daniel Alves cabeceou com precisão e garantiu o triunfo de virada do PSG.