Cidade / Esportes

Rui Costa é o primeiro tricolor sócio benemérito do Vitória

A nova via fica a 300 metros da estação Flamboyant da linha 2 do metrô

O governador Rui Costa recebe camisa personalizada do Vitória
O governador Rui Costa recebe camisa personalizada do Vitória

A família de Mário Sérgio (Mara, a esposa, os filhos, Bruno, Fernando e Felipe, e os netos Bernardo e Pietra), um dos maiores atletas a vestir a camisa do Vitória, esteve presente neste sábado (17/2), à inauguração da avenida que leva ao Estádio Barradão, em Salvador.

O governador Rui Costa (torcedor do Bahia) recebeu uma camisa personalizada, uma placa oficial e o cartão de sócio Sou Mais Vitória. “Rui Costa será o primeiro tricolor a ser sócio benemérito do Vitória. Agradecemos a todos os esforços feitos para que a via fosse inaugurada. É um dia histórico”, celebrou o presidente do clube, Ricardo David.

“Os bairros de Canabrava, Trobogy, Nova Brasília, Pau da Lima serão imensamente beneficiados. É uma avenida de quatro pistas, com parques, que teve obras de macrodrenagem, pista de ciclismo, e vai dar mobilidade e acesso a milhares de pessoas que moram no entorno. A vida de quem passa por aqui será bastante facilitada. O acesso ao Estádio Barradão será bastante melhorado, com menos engarrafamentos e mais fluidez para a torcida do Vitória”, afirmou o governador.

A nova via fica a 300 metros da estação Flamboyant da linha 2 do metrô e tem aproximadamente quatro quilômetros de extensão, com investimento de R$ 40 milhões.

Além da cerimônia, foi promovida a Feira Cidadão, realizada pelas Voluntárias Sociais da Bahia (VSBA), com prestação de serviços voltados à saúde, à cidadania e ao lazer das famílias que moram no entorno da via.

Com quase quatro quilômetros de extensão, a Avenida Mário Sérgio liga a Avenida Luis Viana Filho (Paralela), ao lado da via de acesso ao Trobogy e a 300 metros da estação Flamboyant da linha 2 do metrô, à Rua Artêmio Castro Valente, nas imediações do Estádio Manoel Barradas (Barradão).

O investimento total é da ordem de R$ 40 milhões, com recursos financiados pelo  Governo do Estado junto ao BNDES – Banco Nacional de Desenvolvimento Social e ao Ministério do Turismo, e ainda recursos próprios destinados às desapropriações e às melhorias na infraestrutura do entorno. 

Os ganhos trazidos pela nova avenida, que facilitará o deslocamento da população em geral, se estendem para a prestação de serviços públicos nas áreas de saúde e segurança, melhorando a qualidade de vida de milhares de famílias. Antes convivendo com os alagamentos provocados pelas cheias do rio Mocambo, agora comunidades como Recanto Verde poderão ser atendidas mais rapidamente por ambulâncias, caminhões que fazem a coleta de lixo   viaturas policiais, além das redes de infraestrutura urbana, como telefonia e internet.

A Avenida Mário Sérgio será inaugurada pelo governador Rui Costa, com a presença de secretários estaduais, entre eles, Jusmari Oliveira, da pasta do Desenvolvimento Urbano, e outras autoridades, na manhã do próximo sábado (17/02). Uma programação especial com prestação de serviços voltados à saúde, à cidadania e ao lazer das famílias, está marcada para se estender até o período da tarde.

A expectativa é por um movimento intenso de carros já no dia seguinte (domingo), quando acontecerá o primeiro clássico BA x VI do ano pelo Campeonato Baiano, no Barradão, com a presença de torcedores dos dois clubes. A nova ligação viária conta com pista dupla, sendo duas faixas em cada sentido, ciclofaixa e passeio em ambos os lados, iluminação publica, sinalização viária horizontal e vertical. Novas linhas de ônibus integradas ao metrô também já devem começar a circular pelo local.

Outras obras de urbanização que incluem escadarias, travessias sobre o rio, contenção de encostas, drenagem, equipamentos esportivos, praças, parques infantis e paisagismo, também foram executadas pela CONDER, responsável por outras obras de mobilidade na capital, como a Via Expressa Baía de Todos os  Santos, as das avenidas Pinto de Aguiar e Gal Costa, Complexo Viário do Imbuí e Marginais da Avenida Paralela, Ligação Paralela Stiep (Estrada do Curralinho),  entre outras.

Desenvolvimento Econômico

A proximidade da inauguração gera uma expectativa pela atração de novos investimentos da iniciativa privada, especialmente com a implantação de empreendimentos imobiliários, que trazem a necessidade de expansão da rede de serviços, além de desenvolver o comércio. A título de curiosidade, segundo dados da Junta Comercial da Bahia, divulgados pelo jornal Correio, na edição do último dia 01 de fevereiro, ao longo dos 15 km da Avenida Paralela, apontada como principal vetor de desenvolvimento da cidade, existem, atualmente, mil empresas ativas, com expectativa de construção de 5 mil imóveis só este ano.  

"Os benefícios da Avenida Mário Sérgio ultrapassam a questão do acesso ao estádio. Ela faz parte do conjunto de obras estruturantes do Governo do Estado que reconfiguram o sistema viário da região, conhecida como miolo, promovendo a integração entre os modais de transporte", ressalta o presidente da CONDER, José Lúcio Machado, citando ainda as Linhas Azul e Vermelha. Estas intervenções, em fase avançada de execução, contemplam a ligação das Avenidas Gal Costa e Pinto de Aguiar e a construção da Avenida 29 de Março, que ligará a Avenida Paralela à BR-324.

Já o diretor de Obras Estruturantes da CONDER, Sérgio Silva, detalha a funcionalidade deste sistema. "A Avenida Mário Sérgio se conecta com a Avenida Gal Costa, em Pau da Lima, e também será articulada com a 29 de Março, pela Via Regional, no bairro de Sete de Abril, criando alternativas para a circulação em uma região densamente ocupada, além de desafogar vias importantes como a Estrada Velha do Aeroporto e a Avenida São Rafael".

Mário Sérgio

Um dos maiores ídolos da história do Esporte Clube Vitória, Mário Sérgio, e considerado um dos grandes jogadores do futebol brasileiro, batiza a nova via inaugurada no sábado (dia 17), ligando a Avenida Luiz Vianna Filho (Paralela) ao estádio Manuel Barradas (Barradão).

O ex-jogador que marcou época atuando no rubro-negro formando um trio de ataque ao lado de Osni e André Catimba, foi morto em 2016, na tragédia no avião da Chapecoense, que vitimou 71 pessoas. Mario Sérgio integrava a equipe de uma emissora de televisão que transmitiria a final da Copa Sulamericana.

Nascido na cidade do Rio de Janeiro, Mario Sérgio iniciou sua carreira no Flamengo e depois defendeu, além do Vitória, o Fluminense, Botafogo, Internacional, São Paulo, Grêmio (pelo qual foi campeão do mundo), e Palmeiras. Chegou em 1981 à seleção brasileira, onde ficou até 1985. Mais tarde, passou a atuar como treinador, com passagens importantes em clubes, como Corinthians e São Paulo, por exemplo.

Mário Sérgio tornou-se ídolo do Vitória na década de 70. Ele jogou pela equipe por quatro anos, formando um trio de ataque histórico, com Osni e André Catimba, sendo premiado com a Bola de Prata nos campeonatos brasileiros de 1973 e 1974. É considerado um dos maiores jogadores da história do clube. Conquistou o Baianão de 72 e, para muitos torcedores daquela época, meio-campista é consideradoo melhor jogador da história do rubro-negro.