Brasil / DESATIVADO / Educação

Novos cursos de medicina serão proibidos por 5 anos

O Ministro Mendonça Filho afirmou que o projeto deverá ser assinado até o final do ano

A abertura de novos cursos de medicina poderá ser proibida pelo presidente Michel Temer (PMDB) durante cinco anos no Brasil, de acordo com o ministro da educação Mendonça Filho (DEM). O LeiaJá entrou em contato com o Ministério da Educação (MEC), que confirmou a veracidade da informação.

Segundo o MEC, o ministro propôs a moratória ao presidente Michel Temer visando a sustentabilidade da política de formação médica no Brasil no sentido de preservar a qualidade do ensino médico do país. 

Ainda de acordo com a nota do ministério, a decisão levou em conta dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), apontando que o Brasil já atingiu as metas de alunos e vagas estabelecidas, que é de cerca de 11.000 por ano. A medida, segundo o ministério, não abrange cursos que já estão em andamento nem o andamento de editais de solicitação de abertura que já estão em curso.