Bahia / Carnaval / Cidade / Saúde

Dois milhões de preservativos já foram distribuídos nos circuitos

A cada mil metros nos circuitos, foi instalado um ponto de distribuição de preservativos

Foto: Mateus Pereira/GOVBA
A estratégia contribui para que seja evitada a gravidez indesejada, bem como o contágio por DSTs

Para estimular a prática do sexo seguro durante o Carnaval, a Prefeitura já distribuiu cerca de 2 milhões de camisinhas. A cada mil metros nos circuitos da folia, foi instalado um ponto de distribuição gratuita de preservativos.

A estratégia contribui para que seja evitada a gravidez indesejada, bem como o contágio por doenças sexualmente transmissíveis (DSTs). O comportamento permissivo e o uso excessivo de álcool e drogas são a combinação perfeita para o sexo sem proteção no Carnaval, é é justamente esse problema que a estratégia pretende enfrentar.

“Montamos um esquema especial para que todos os foliões pudessem ter fácil acesso aos preservativos em todos os circuitos da festa. Nossa meta era distribuir pelo menos dois milhões de unidades de camisinhas durante toda festa, mas objetivo foi alcançado ainda na noite dessa segunda-feira. Ainda temos preservativos em todos os postos e convocamos todos a finalizarem a festa com muita diversão e praticando o sexo seguro”, afirmou José Antonio Rodrigues Alves, secretário municipal da Saúde.