Esportes

Elenco do Botafogo é recebido a pedradas após eliminação na Copa do Brasil

Cerca de 50 torcedores foram até o aeroporto Santo Dumont com faixas cobrando mais empenho e dedicação dos jogadores

O elenco do Botafogo foi recebido com protestos nesta quarta-feira no desembarque no Rio de Janeiro após a vexaminosa eliminação para o Aparecidense na primeira fase da Copa do Brasil. Cerca de 50 torcedores foram até o aeroporto Santo Dumont com faixas cobrando mais empenho e dedicação dos jogadores.

A delegação do time alvinegro soube da manifestação antes da viagem e tentou se prevenir para evitar confusão. As entrevistas foram canceladas, o elenco desceu na pista e foi embora por uma saída lateral. A diretoria também providenciou um ônibus sem o distintivo do clube para tentar fugir dos protestos.

Mas em vídeos que circulam pelas redes sociais foi possível ver que torcedores tentaram cercar o ônibus do Botafogo na saída do aeroporto. Em meio ao trânsito no local, eles atiraram pedras e cones de trânsito. Ninguém se feriu.

Os principais alvos dos protestos foram o técnico Felipe Conceição e os jogadores Gilson e Pimpão. Os torcedores pediram o retorno de Cuca para o comando da equipe e um dos cartaz ironizou: "Se o Gilson é jogador, eu sou o Batman".

O Botafogo volta a campo no próximo sábado, às 16h30, para encarar o Flamengo, no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, pelas semifinais da Taça Guanabara, o primeiro turno do Campeonato Carioca. O outro duelo da competição será nesta quinta-feira, às 17h, no estádio do Engenhão, entre Boavista e Bangu.