Tecnologia

Técnicos da Apple são socorridos após acidente com iPhone

Incidente ocorreu quando os trabalhadores se preparavam para realizar um reparo no aparelho

Foto: Divulgação

Dois funcionários de uma loja da Apple em Hong Kong foram levados para o hospital depois de inalar a fumaça emitida pela bateria de um iPhone na última sexta-feira (2). O incidente ocorreu quando os trabalhadores se preparavam para realizar um reparo no aparelho. As informações são do jornal local The South China Morning Post.

"Os dois funcionários estavam reparando a bateria do telefone no momento em que ele começou a emitir a fumaça. A dupla começou a se sentir mal após a inalação de fumaça", disse uma porta-voz da polícia da Hong Kong.

Os funcionários da loja extinguiram a fonte da fumaça antes que as equipes de emergência chegassem ao local. Não foi necessário evacuar o estabelecimento, mas os dois homens foram levados para um hospital.

"Foi um pequeno incidente. A loja rapidamente retomou as operações normais e nenhum cliente foi afetado", disse um porta-voz da Apple, acrescentando que a empresa ainda está investigando os detalhes do caso.

O incidente ocorreu após a notícia de que uma bateria de iPhone superaquecida feriu um funcionário em uma loja da Apple em Zurique e provocou a evacuação de cerca de 50 pessoas do local devido à fumaça no dia 9 de janeiro. Casos similares foram registrados posteriormente na Espanha e também no Brasil.