Curiosidades / Mundo / Tecnologia

Google agora consegue prever atrasos em voos

Empresa irá usar inteligência artificial para prever atrasos

O Google atualizou seu aplicativo Google Flights com diversos recursos que devem ajudar os passageiros a evitar problemas em sua próxima viagem. Uma ferramenta usa o aprendizado de máquina para prever os próximos atrasos e outra explica ao usuário quais amenidades eles têm direito ao comprar uma passagem em diversas companhias aéreas.

De acordo com uma publicação no blog do Google, a plataforma irá analisar os dados históricos de atrasos nos voos para procurar padrões. Estes incluem fatores como localização, clima e o tipo de aeronave.

Uma vez que os algoritmos detectam 80% de possibilidade de ocorrer um atraso, as informações aparecerão nos resultados de pesquisa quando você procurar o número do seu voo, a rota ou a companhia aérea. A empresa, porém, afirma que o usuário deve comparecer ao aeroporto independentemente das suas previsões.

"Usando os dados históricos do status do voo, nossos algoritmos de aprendizado de máquina podem prever alguns atrasos mesmo quando esta informação ainda não está disponível nas linhas aéreas - e os atrasos são marcados apenas quando temos pelo menos 80% de confiança na previsão", informou a empresa, em um post de blog.

Já um segundo recurso informa se o usuário tem direito a lanches, franquia de bagagem e outras amenidades em voos de companhias como Delta, American Airlines e United Airlines. O aplicativo do Google agora avisará o que está ou não incluído na passagem. Os detalhes aparecem diretamente nos seus resultados de pesquisa. As novidades, por enquanto, não estão disponíveis no Brasil.