Curiosidades / Mundo / Segurança

Mulher morre sem poder entrar em casa por estar menstruada

A jovem de 23 anos estava em uma cabana quando pela manhã foi encontrada morta

A prática hindu conhecida como "Chhaupadi" fez mais uma vítima. Esta medida visa isolar mulheres durante o período menstrual ou no pós-parto sob a justificativa de que elas, neste estado, contaminam o local.

Diante disso, uma jovem de 23 anos estava em uma cabana quando pela manhã foi encontrada morta. O caso aconteceu a 750 Km da capital do Nepal, Katmandu.  

O corpo de Gauri Bayak Budha foi encontrado na segunda-feira (8) dentro da cabana erguida nas proximidades da sua casa. A família testemunhou às autoridades que ela jantou na residência e foi dormir neste local isolado.

Ela havia feito uma fogueira para aquecê-la e, provavelmente, a inalação da fumaça tenha provocado sua morte, suspeita a polícia. Para garantir a causa da morte, está sendo aguardado o resultado da autópsia.    

Esta não é a primeira morte por conta desta tradição. Mulheres já morreram de hipotermia e até de picada de serpente. Diante dessa realidade, o Parlamento do Nepal aprovou, em agosto, uma lei que criminaliza essa prática.

Para quem forçar as mulheres a se isolarem deve cumprir pena de prisão por três meses e o pagamento de três mil rupias, o equivalente a 39,5 euros.