Aldaci de Souza

Notícias de Sergipe - Coluna do dia 13/12/2017

Presos não terão saída temporária
Como não existe regime semiaberto em Sergipe, os detentos não terão direito à saída temporária neste final de ano.

De acordo com a Secretaria de Estado da Justiça (Sejuc), a chamada saída temporária somente é concedida aos presos que possuem boa conduta no regime semiaberto.

Quanto ao Indulto de Natal, só pode concedido por meio de decreto presidencial, o que ainda não aconteceu.

Pequenos agricultores encerram greve de fome
Os quatro integrantes do Movimento dos Pequenos Agricultores em Sergipe (MPA/SE), encerraram a greve de fome em protesto contra a Reforma da Previdência.

Samuel Carlos, Elielma Barros, José Valter Vitor e Eliana Sales estavam acampados desde a última segunda-feira (11/12) no espaço em frente ao plenário da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese).

Para os militantes, “a reforma será um crime contra os direitos dos trabalhadores tanto do campo, como da cidade”.

Durante a greve de fome, as mulheres passaram mal e foram atendidas no Setor Médico da Alese.

Deputados conversaram com os agricultores e o arcebispo de Aracaju, Dom João Costa, esteve na Casa Legislativa com o objetivo de dar apoio aos integrantes do MPA

 “O povo brasileiro está impactado pelas reformas apresentadas pelo Governo Federal, que retiram direitos. Pedimos que tosos os brasileiros, todos os movimentos, todas as Igrejas, acordem e se somem a estes irmãos que, corajosamente, gritaram tanto e agora estão apelando para a greve de forme”,  destacou Dom João.

Deputado critica negociações para aprovar reformas
O deputado Moritos Matos (PROS), criticou a existência de negociações por parte da Presidência da República no sentido de aprovar as reformas Trabalhista e da Previdência.

Para aprovar a Reforma Trabalhista se pagou não se sabe quanto, fora as negociações que o presidente da República tem feito, principalmente com a bancada ruralista. Agora com a chamada Reforma da Previdência vai gastar ainda mais”, enfatiza Moritos Matos.

“Eu não sei o que acontece que não se investiga. O judiciário não abre processo para investigar esse tipo de negociação. Cada deputado que votar favorável a Reforma da Previdência vai receber 20 milhões de reais em emendas a partir de março. E isso é verdade, porque Michel Temer tem até mesmo realizado reuniões no domingo para fazer essas negociações”, ressaltou Matos.


Deputado Moritos Matos – Foto: César de Oliveira

Policial Militar eleito não deve voltar à ativa
O Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe (TJ/SE) declarou inconstitucional a Lei Complementar aprovada pela Assembleia Legislativa (Alese), que altera o Estatuto dos Policiais Militares do Estado de Sergipe,

A lei permite o retorno dos policiais militares à atividade depois de cumprir mandatos eletivos, escolhidos em eleições gerais para ocupar vagas nos Poderes Executivo e Legislativo.

A Lei Complementar aprovada em 2017 pelos deputados estaduais, já foi sancionada pelo governador Jackson Barreto (PMDB).

Homem morre após ataque de abelhas
Um policial militar aposentado, de 77 anos, morreu após ser atacado por abelhas.

O fato foi registrado no Povoado Jenipapo, município de Lagarto. O aposentado chegou a ser socorrido e levado ao hospital, mas não resistiu às ferroadas.