Cidade / DESATIVADO

Intervenções na Orla de Jaguaribe terminam na próxima semana

Com uma extensão de mais de 13 km, a Orla de Jaguaribe será totalmente requalificada até a próxima sexta-feira (15)

A Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Manutenção (Seman), da Companhia de Desenvolvimento Urbano de Salvador (Desal) e da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), realiza uma série de ações continuadas na Orla de Salvador, dentro da operação para o verão.

Com uma extensão de mais de 13 km, a Orla de Jaguaribe será totalmente requalificada até a próxima sexta-feira (15) e conta com o apoio de cerca de 100 trabalhadores.Estão sob responsabilidade da Seman construção de novos acessos à praia, reforma dos mirantes do Salvamar, requalificação das escadarias e recuperação dos passeios em pedra portuguesa, além da reforma e pintura das ciclovias e pista de cooper. “Iniciamos as ações em novembro e, para melhor atender aos baianos e turistas, estamos dando seguimento a essas intervenções”, pontua o titular da Seman, Virgílio Daltro.

”Salvador está sendo destacada não só no Brasil, mas em todo o mundo, através dos seus principais elementos, por ser uma cidade litorânea, por ter o maior festival de virada do ano, com a chegada do verão e das festividades e, principalmente, por ter o maior equipamento de lazer gratuito da cidade, que é a Orla marítima”, acrescenta o presidente da Desal, Marcílio Bastos.Nesta ação conjunta, na região de Jaguaribe, a Desal tem como responsabilidade recuperar os parques infantis e academias de ginástica, realizar reparos na comunicação visual e substituição de bancos quebrados.

“Dessa forma, temos a responsabilidade de deixar tudo com mais vida e mais cor, não apenas para os turistas, mas, principalmente, para os soteropolitanos”, assegura Marcílio Bastos.Já nas intervenções que competem à Semop estão melhoria da iluminação pública e ordenamento de ambulantes.

A Semop realiza o recadastramento dos permissionários e analisa a situação dos que estão em débito com a Prefeitura, facilitando o pagamento para os mesmos. Também está prevista a entrega de novos kits de praia, sempre preconizando aos permissionários condições dignas de trabalho, somando-se ações de fiscalização para evitar abusos, principalmente no que tange ao comércio informal, visando o bem-estar e a segurança da coletividade.