DESATIVADO / Esportes

Bahia continua na nona posição mesmo perdendo para o Sport

O jogo foi na Ilha do Retiro, em Recife

O Sport quebrou a sequência negativa de oito jogos sem vencer na tarde deste domingo ao bater o Bahia pelo placar de 1 a 0, em partida realizada no Estádio Ilha do Retiro, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. O clube pernambucano segue vivo na briga contra o rebaixamento.

Com o resultado, o Sport termina a rodada na 18ª colocação, com 39 pontos, um a mais do que o Vitória, primeiro time fora do descenso. Já o Bahia fica com 49, ficando longe da briga por uma vaga na Copa Libertadores 2018.

Correndo contra o prejuízo para não ser rebaixado, o Sport foi superior ao Bahia no primeiro tempo. O time pernambucano apareceu com perigo logo aos 18 minutos. Mena subiu ao ataque e chutou. A defesa baiana afastou o perigo. Na sequência, foi a vez de Diego Souza tentar e mandar rente à trave de Jean.

O Sport pressionava e acabou abrindo o placar aos 38 minutos. Após cobrança de lateral, Diego Souza tocou para André. O atacante apenas ajeitou para Marquinhos chutar no fundo das redes, abrindo o placar. O Bahia só foi ameaçar depois de tomar o gol. Edigar recebeu na área e chutou para a defesa de Magrão.

O time pernambucano voltou melhor para o segundo tempo e por muito pouco não ampliou. Mena cruzou para Diego Souza, mas, no meio do caminho, a bola bateu em Diego Souza e sobrou para André. O atacante pegou muito forte e chutou por cima do go

O Bahia só foi chegar com perigo na bola parada. Jean cobrou falta e viu a bola caprichosamente bater no travessão. O Sport também não deixou de atacar. Henríquez pegou o rebote na entrada da área e soltou o pé para defesa do goleiro da equipe tricolor. No lance seguinte, Rithely cabeceou por cima do gol.

A equipe baiana tentou esboçar uma pressão no final, mas acabou esbarrando na marcação do Sport, que tentou ampliar no contra-ataque, mas segurou os três pontos.

Na próxima rodada, o Sport visita o Fluminense no sábado, às 17h, no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ) e fecha participação diante do Corinthians, na Ilha do Retiro. No domingo, às 19h, o Bahia recebe a Chapecoense na Arena Fonte Nova, em Salvador (BA), e se despede do Brasileirão contra o São Paulo no Morumbi.


O Sport conseguiu neutralizar as investidas do Bahia - Foto: ECBahia

Ficha do jogo

Sport-PE - Magrão; Raul Prata, Oswaldo Henríquez, Durval e Sander; Anselmo, Patrick, Marquinhos (Rogério), Diego Souza e Mena (Rithely); André. Técnico: Daniel Paulista

Bahia-BA - Jean; Eduardo, Tiago, Thiago Martins e Juninho Capixaba; Edson, Juninho (Vinícius), Allione (Régis) e Zé Rafael (Hernane Brocador); Mendoza e Edigar Junior. Técnico: Paulo César Carpegiani

Cartões amarelos
Sport-PE: Oswaldo Henríquez, Durval, Sander, André
Bahia-BA: Eduardo , Régis, Juninho Capixaba

Gol
Sport-PE:
Marquinhos 38' 1T

Depois do jogo

Carpegiani - “Nós não realizamos um bom primeiro tempo. Criamos apenas um ou dois lances de gol, além do lance duvidoso em cima de Edigar Junio. Eu vi pênalti, mas não tenho que ficar lamentando isso. No segundo tempo, dentro de 20 minutos, apresentamos bom futebol e não conseguimos transformar esta superioridade em oportunidades. Coloquei mais um atacante, só que não conseguimos empatar. Não jogamos o suficiente para conquistar os três pontos. Nós vamos ter dois jogos ainda. É preciso ganhar o próximo jogo, que será em casa, e depois tentar fora de casa. Vamos contar com o retorno de Renê, sem falar na volta de Edson, que hoje foi muito bem. Vamos ter uma semana para conseguir respirar e nos preparar melhor.”

Jean - “Eles souberam se defender muito bem. Fizeram um gol, marcaram forte e isso dificultou nossa criação. Nós, enquanto tiver possibilidade, vamos lutar muito por esta vaga. Precisamos, agora, vencer o jogo dentro de casa.”