Bahia / Empregos

Bahia criou em julho 847 postos de trabalho com carteira assinada

Por outro lado, os setores que desligaram trabalhadores celetistas foram: Comércio (-1.473 postos), Agropecuária (-1.057 postos) e Serviços Industriais de Utilidade Pública (-121 postos)

Foto: Divulgação

A Bahia criou 847 postos de trabalho com carteira assinada em julho de 2017. As informações são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), sistematizadas pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia – SEI.

O resultado positivo é o primeiro após três anos de resultados negativos e decorre da diferença entre 45.302 admissões e 44.455 desligamentos.

O saldo de julho de 2017 se apresentou num patamar superior ao de junho, que foi de -1.290 postos de trabalho, sem as declarações fora do prazo. Setorialmente, em julho, cinco segmentos contabilizaram saldos positivos: Serviços (+1.726 postos), Indústria de Transformação (+918 postos), Construção Civil (+590 postos), Administração Pública (+202 postos) e Extrativa Mineral (+62 postos).

Por outro lado, os setores que desligaram trabalhadores celetistas foram: Comércio (-1.473 postos), Agropecuária (-1.057 postos) e Serviços Industriais de Utilidade Pública (-121 postos).