Raio Laser

Coluna do dia 23/05/2016

Solução 
Há quem diga que, com a indicação de um nome de peso ao Ministério da Educação, o prefeito ACM Neto (DEM) vai resolver também um pequeno problema em sua base. Ou melhor, vai matar dois coelhos de uma cajadada só. Agora, é só esperar o anúncio para se saber ao certo a estratégia do gestor, cujos sentidos estão voltados para a gestão, mas, obviamente, para a própria sucessão, embora ele venha dizendo que tanto pode quanto pode não ser candidato à reeleição, o que a grande maioria de seus aliados, aliás, pode-se dizer até a quase totalidade do entorno do gestor, diz não acreditar nem ver motivos para que, com seu nível de favoritismo, ele possa deixar de concorrer.

Love
Só gente íntima teve acesso à festa de noivado do prefeito ACM Neto (DEM) com a empresária Tatá Canhedo, neste final de semana, em Brasília. O evento foi descrito por amigos como um momento de emoção e elegância ao qual não faltaram amigos dos dois lados. Há quem diga que o prefeito casa antes de assumir o segundo mandato na Prefeitura de Salvador.

Pop
Na contramão das campanhas eleitorais anteriores, os militantes e lideranças comunitárias que participaram da primeira reunião do Conselho Político destinado a discutir os eixos e linha programática da campanha do PSOL na capital baiana durante as eleições deste ano apontaram, este final de semana, a necessidade da legenda construir uma campanha popular, com ênfase na população mais pobre de Salvador. 

Praga
Autor da mal-sucedida manobra tabajara que visava suspender o impeachment da presidente Dilma Rousseff, o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), encontra-se com um verdadeiro abacaxi nas mãos. É que desde a quinta-feira passada 14 ônibus já foram queimados na capital, São Luis, por determinação do crime organizado. Em Brasília, dizem que foi praga de Michel Temer.

Terceirizados 
A coordenadora do Sindicato dos Trabalhadores em Limpeza da Bahia (Sindilimp-BA), Ana Angélica Rabello, disse ontem que milhares de pais e mães de famílias estão desesperados em razão do desemprego que atinge os trabalhadores terceirizados e a falta de pagamento dos salários para os que estão na ativa. Hoje, a expectativa é que ela encabece um ato em defesa dos direitos dos trabalhadores, às 8h, no Centro Administrativo da Bahia, em frente à Secretaria de Educação (SEC).

Atrasos
A sindicalista destaca que a CUT-BA e o Sindilimp-BA não aceitam os atrasos constantes de salários e as demissões. “Chegou a hora de dar um basta à exploração e ao descaso. O governo estadual precisa assumir sua responsabilidade e entender que administrar é pensar no ser humano. As pessoas não são números e valores em reais. Somos gente e exigimos respeito”. Para a direção do Sindilimp-BA, a situação chegou a níveis insuportáveis. 

Sistema hidroviário
Ao elencar episódios classificados como grave no sistema hidroviário baiano, o deputado estadual Hildécio Meireles (PMDB), presidente da comissão de Infraestrutura, Desenvolvimento Econômico e Turismo da Assembleia Legislativa da Bahia, promove audiência pública com o objetivo de debater: a qualidade do serviço, infraestrutura e acessibilidade do Sistema Ferry-boat, bem como dos terminais de embarque e desembarque de Mar Grande, Morro de São Paulo, Gamboa e Valença. O evento acontece amanhã (24), às 9h, no Auditório Jorge Calmon.

Fiscalização
De acordo com Hildécio, é preciso que o governo do estado, através da Agerba, órgão responsável por fiscalizar o sistema, se posicione e apresente soluções a curto prazo. “Porque a população baiana que necessita do serviço não suporta mais o caos instalado”.

A caminho
Vem nova Operação Lava Jato pelo caminho, segundo se comenta à boca pequena em Brasília. Desta vez, no entanto, os investigadores poriam a mão em gente graudíssima, capaz de fazer a terra tremer do Oiapoque ao Chuí. A única pista é de que os alvos do momento são gente que tentou obstruir o trabalho da força-tarefa que já trancafiou muita gente.

Obstáculo 
A ideia de alguns petistas de não terem candidato próprio à Prefeitura para apoiar o nome da senadora Lídice da Mata (PSB), como defendeu recentemente o vereador Arnando Lessa (PT), esbarra num pequeno detalhe, ressalta um militante da agremiação. É que não há quem faça a comunista Alice Portugal abrir mão de sua candidatura à Prefeitura.

Saúde em Feira
De acordo com proposta feita pelo vice-presidente da Comissão de Saúde e Saneamento da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), deputado José de Arimateia (PRB), o colegiado fez, na última sexta, uma visita à cidade de Feira de Santana. A ação é parte do projeto de comissão itinerante aprovado pelos membros, que já visitaram Vitória da Conquista, Irecê, Coité e Itabuna. Em Feira, o intuito foi discutir entraves e buscar soluções referentes à saúde no município. Após visitas à sede do SAMU e ao Hospital da Mulher, uma audiência pública foi realizada na Câmara do município. 

Posição 
Sincero e cortante como sempre, Geddel Vieira Lima (PMDB), ministro da Articulação Política de Michel Temer, não escondeu de ninguém ter desgostado da decisão do governo de recuar e recriar o Ministério da Cultura. Ele deixou sua posição firmada no Twitter, embora tenha tido o cuidado de ressalvar que, uma vez decidido, apoia o presidente da República.

PR em Itabuna
O Partido da República (PR) fez festa na cidade de Itabuna, neste final de semana, durante o lançamento da pré-candidatura a prefeito de Roberto José. O evento ocorreu no salão principal do Grapiúna Tênis Clube. Também ocorreram os lançamentos das pré-candidaturas a vereador pela legenda. ”Roberto José é o melhor nome para Itabuna. Um jovem idealista e com muitos planos para a cidade”, destacou o presidente estadual do PR, deputado federal José Carlos Araújo.

Prostitutas 
O “Reconhecimento do Vínculo Empregatício para o Trabalho das Prostitutas” será tema de seminário na Faculdade Baiana de Direito, hoje e amanhã, a partir das 18h30. O encontro busca discutir os direitos trabalhistas das prostitutas, como a obrigação do pagamento de todas as verbas trabalhistas previstas na legislação, como décimo terceiro, salário, férias, horas extraordinárias, adicional noturno, fundo de garantia por tempo de serviço, dentre outros.  

Candidato 
Defensor da recriação do Ministério da Cultura, seu último titular, Juca Ferreira, curtiu como um menino o recuo do governo Michel Temer e a recriação da pasta, ideia pela qual trabalhou mobilizando gente da forma que pôde desde que deixou o governo junto com a presidente afastada Dilma Rousseff. Satisfeito, ele diz que vai se empenhar da mesma forma pela escolha de seu nome para candidato do PT à Prefeitura.

Cabo eleitoral
Aliás, sobre Juca Ferreira diz-se que seu nome como candidato a prefeito pelo PT é mais do gosto da ex-primeira-dama Fátima Mendonça do que do ex-ministro Jaques Wagner. Articulada, ela já teria colocado seu networking para funcionar em defesa da candidatura do amigo, do qual o ex-primeiro-casal se aproximou nesta temporada de Brasília.

Climão
O encontro que o PT baiano realizou neste final de semana, no qual firmou a posição de não permitir que a legenda faça aliança com deputados que votaram pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), também marcou o primeiro encontro da legenda realizado sob um clima absolutamente melancólico. Não é nem necessário dizer o porquê.

Fora do governo Rui 
O ex-governador Jaques Wagner (PT) disse esse final de semana que não está em seus planos se abrigar no governo Rui Costa, depois que deixou o Palácio do Planalto com o afastamento da presidente Dilma (PT). Um dos principais articuladores para tentar reverter o impedimento da petista no Senado, Wagner deve manter sua atuação política nos próximos meses no círculo do Distrito Federal. Após participar de evento do PT no sábado (21), em Salvador, o petista refutou a possibilidade de assumir uma função na gestão do seu sucessor no Palácio de Ondina. Questionado pelo Bocão News se procedia a informação de que estaria negociando assumir a Secretaria de Segurança Pública da Bahia, o ex-governador foi enfático: “Essa informação é furada. Chance zero. Não serei secretário de Rui”.

Debate
Ex-ministro-chefe do Gabinete Pessoal da Presidência da República, Wagner também deverá participar no debate interno do PT para as eleições municipais deste ano na capital e no interior do estado. Quanto a Salvador, o ex-ministro não respondeu sobre a possibilidade de o partido ter, ou não, candidato próprio. “Essa discussão está sendo feita, eu vou participar na medida do possível. Acho que pode ter candidato, pode ser uma composição, mas acho que não tem uma estratégia ainda montada”, ponderou.

Estratégia partidária I
O Partido Ecológico Nacional (PEN) já definiu parte das suas estratégias para as eleições municipais neste ano. Ao todo, a legenda terá 86 pré-candidatos a vereadores somente na capital baiana. A sigla já teve representação na Câmara de Salvador, mas a vereadora Ana Rita Tavares mudou de legenda. De acordo com o presidente estadual do partido, deputado federal Erivelton Santana, desta vez, a legenda quer ter votos próprios para garantir sua representação.
Estratégia partidária II
 “Temos 86 pré-candidatos, com grandes chances de 65 deles terem candidaturas. Queremos conquistar nosso espaço agora definitivamente. Assumi a presidência em dezembro do ano passado e desde então temos ajustado nossa configuração local. Esse é um número expressivo para o início dos trabalhos na Bahia”, comemorou.

Estratégia partidária III
Além disso, a legenda também discute sobre apoio ao prefeito ACM Neto (DEM) ou aos candidatos da base aliada do governador Rui Costa (PT). “Na proporcional, vai depender do desempenho dos nossos candidatos, mas possivelmente eles poderão escolher como coligar. Já na majoritária, vamos discutir o assunto no encontro estadual, mas há possibilidade de ser o prefeito de Salvador”, aponta.