Raio Laser

Coluna do dia 12/12/2015

Na liderança? 
A Bahia pode ganhar um novo líder partidário no Congresso. Trata-se dos deputados federais Jutahy Magalhães Jr. e Antonio Imbassahy, que devem disputar a liderança tucana na Câmara dos Deputados em eleição marcada para a próxima quarta-feira. Ontem, Jutahy informou aos colegas de bancada pelo WhatsApp que será candidato a líder, a menos que o sentimento de mudança na liderança do PSDB na Câmara venha a recair sobre “o excelente” deputado Otávio Leite, da bancada tucana do Rio de Janeiro. Caso se eleja, não será a primeira vez que Jutahy exerce a liderança do PSDB na Câmara. Ele foi líder em outras ocasiões, desempenhando importante papel de articulador do partido no plano nacional, sempre de forma muito combativa. Jutahy é ligado ao senador José Serra. Já Imbassahy, ao presidente nacional do partido, Aécio Neves.

Reação
Continua dando pano para manga a prisão do vereador Antonio Elinaldo, do DEM de Camaçari, que foi solto ontem por força de um habeas corpus. Integrantes do Movimento Negro da cidade fizeram ontem um protesto contra o presidente municipal do DEM, Hélder Almeida, que comparou Elinaldo ao líder negro Nelson Mandela. Para o Movimento Negro, Hélder tentou “macular” a imagem de Mandela com a comparação.

Mosquito
O controle do mosquito Aedes aegypt passa por um processo de educação ambiental e ações mais determinadas do poder municipal. A sugestão é da deputada estadual e engenheira Maria del Carmen (PT). Segundo ela, o mosquito causador da dengue, chikungunya e zika vírus, e apontado como responsável por milhares de casos de microcefalia no país, tem ambiente propício para se desenvolver em Salvador, principalmente por questões de topografia da cidade. “O lixo jogado nas encostas, a falta de regularidade de coleta e também a não fiscalização dos terrenos baldios pelo poder municipal acabam facilitando a proliferação dos mosquitos”. 

Monitoramento 
Os moradores de Vera Cruz, na Ilha de Itaparica, passaram a contar, desde ontem, com uma central de videomonitoramento. Com investimentos de    R$ 830 mil, feitos pela Secretaria da Segurança Pública, a unidade policial, implantada na 5ª Companhia Independente da Polícia Militar, funciona com oito câmeras, que auxiliarão no patrulhamento ostensivo no município, instaladas na sede e também nas localidades de Riachinho, Ilhota e Gamboa. O secretário da SSP, Maurício Barbosa, ressaltou o investimento feito na parte tecnológica e no combate à criminalidade. “Em 2016, duas câmeras serão instaladas em Bom Despacho, além de outras cinco no município de Itaparica, vizinho a Vera Cruz, ampliando o raio de monitoramento policial. 

Malas prontas
O deputado estadual Marquinhos Viana está de malas prontas e deve trocar o PV pelo PSB. O parlamentar foi saudado com entusiasmo pela presidente estadual socialista, a senadora Lídice da Mata, que é uma das responsáveis pela atração do parlamentar à sigla. O deputado participa do Encontro Estadual do Partido, que reúne mais de 300 pré-candidatos a prefeitos e vereadores, realizado ontem, na sede da UPB, no Centro Administrativo, em Salvador. 

Seca
A estiagem prolongada já causa enormes perdas na produção da agricultura familiar do município. A informação foi repassada ao secretário estadual de Desenvolvimento Rural, Jerônimo Rodrigues, que recebeu o prefeito de Itabuna, Claudevane Leite, durante audiência em Salvador. De acordo com relato de Vane, a produção de hortaliças, que requer constante disponibilidade de água, é uma das mais atingidas pela seca e já apresenta uma perda de 80%. 

UPA
Os secretários estaduais Josias Gomes (Serin), Fábio Vilas-Boas (Saúde) e Vitor Bonfim (Agricultura), além do prefeito Charles Fernandes, participaram anteontem da inauguração da Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24h) do município de Guanambi. Instalada no bairro São Francisco, a unidade tem capacidade para cerca de 150 atendimentos diários.

Petardos
Em sua passagem por Salvador, o ministro do Trabalho e Previdência Social, Miguel Rossetto, disparou petardos contra o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB). Primeiro, chamou o acolhimento do pedido de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff (PT) de “atitude irresponsável”. Em seguida, cravou sua previsão sobre o futuro do peemedebista que responde a processo no Conselho de Ética por quebra de decoro: “Está sendo cassado e será cassado”.

Acusações
Outro que passou pela capital baiana ontem e se mostrou simpático pelo afastamento de Cunha foi o presidente do PSB nacional, Siqueira Campos. “As acusações são tão graves, que ele mesmo deveria tomar a iniciativa de afastar-se para se explicar. Acho que os dias dele na presidência estão contados”, frisou. 

Comemoração 
Num momento de comemoração, o vereador Paulo Magalhães Jr. (PSC) reuniu essa semana amigos e familiares num restaurante no Vale dos Barris para comemorar o seu aniversário. Na ocasião, o vereador disse que se sentia em plena disposição para levar a diante os debates envolvendo as demandas de Salvador. Na presença do deputado federal Paulo Magalhães (PSD) e do irmão Angelo Magalhães, o vereador destacou a luta em defesa do PDDU, o apoio às realizações feitas pelo prefeito ACM Neto e a participação das lideranças comunitárias que em seus bairros já exibem a marca do trabalho realizado pela prefeitura.

Urucubaca 
Petistas estão comentando que ACM Neto anda com uma urucubaca das grossas. Depois do caso Paupério, que quase mancha sua gestão, do azar na questão da merenda escolar de Salvador vendida em supermercado do centro-oeste pelo fornecedor, agora está sendo lembrado como aquele que abonou a ficha de filiação do vereador Elinaldo Araújo do DEM de Camaçari, preso pela Polícia Federal envolvido com jogo de bicho. O vereador é a aposta de ACM Neto para prefeito de Camaçari. Se Neto não sabia da ligação dele com a contravenção precisa puxar as orelhas dos seus assessores políticos. O avô sempre foi cuidadoso nessas questões.

Corpo fechado
Enquanto isso, o fundador da construtora OAS, César Mata Pires, passa à margem de todos os escândalos e denúncias que giram no entorno da sua construtora. 

PPI 
O vereador Odiosvaldo Vigas (PDT) pediu ao governo do Estado e à prefeitura de Salvador a prorrogação do prazo do PPI (Programa de Parcelamento Incentivado) até dia 31 deste mês. Ele defende o aumento do prazo argumentando que “o período de crise está dificultando a vida dos cidadãos”, e que a segunda parcela do 13º salário ainda será paga até o próximo dia 20. “Com certeza o 13º vai fazer muita gente querer pagar suas dívidas”, diz Odiosvaldo.

Contra impeachment 
Para protestar contra a tentativa de impeachment da presidente Dilma Rousseff, a Frente Brasil Popular, movimento que reúne setores progressistas da sociedade brasileira, está convocando uma grande mobilização nacional para a próxima quarta-feira (16), com atividades nas principais cidades do país. Em Salvador, a Frente está organizando uma caminhada pelas ruas do Centro, com concentração às 15h, no Campo Grande, de onde sai em direção à Praça Castro Alves. Antes, neste domingo, às 9h, haverá um ato, na Barra, a favor do impedimento da presidente da República.

Expectativa no PSB
O deputado federal Bebeto Galvão comemorou ontem o sucesso do evento que reuniu a militância do PSB de todas as regiões da Bahia, onde o partido pretende lançar 100 candidaturas majoritárias próprias. “Mas é importante ressaltar que o nosso desafio não é apenas demarcar território eleitoral com essas candidaturas. Nós queremos, com essas candidaturas, apresentar propostas inovadoras que levem desenvolvimento aos municípios. Queremos candidaturas que dialoguem com os segmentos da sociedade e que façam da política um instrumento de interlocução com os interesses coletivos da população. Não adianta eleger prefeitos, se eles não representam esse espírito de mudança”, enfatizou.

PEC do servidor
A bancada de oposição na Assembleia Legislativa analisa com sua assessoria jurídica a possibilidade de entrar com mandado de segurança no Tribunal de Justiça da Bahia questionando a sessão conjunta que reuniu três comissões da Casa, na quinta-feira, 10, e aprovou a PEC 148/2015, que altera o regime trabalhista do funcionalismo estadual, modificando regras de conquistas consolidadas dos servidores públicos, como a estabilidade econômica e a licença prêmio. 

Irregularidades
O líder da bancada, o democrata Sandro Régis, informou que durante a sessão diversas irregularidades foram constatadas pelos parlamentares oposicionistas, a exemplo da falta de quorum para a aprovação dos projetos no âmbito das três comissões reunidas - a de Constituição e Justiça, a de Finanças, Orçamento, Fiscalização e Controle e a de Infraestrutura, Desenvolvimento Econômico e Turismo. Segundo o líder, nos pedidos de verificação de quorum pela oposição, apenas concedia-se o quorum da CCJ e não do conjunto de todas as comissões presentes. “Não houve a verificação de quorum nas três comissões para a aprovação das matérias”, disse Régis.