TRÂNSITO AO VIVO
quinta-feira, 29 de junho de 2017
FIQUE SABENDO AGORA
PUBLICIDADE
Sara Barnuevo

Gente & Mercado - Coluna do dia 14/05/2014

Publicada em 14/05/2015 08:21:47

Cresce faturamento do setor de segurança
O aumento da bandidagem no país está beneficiando um setor, o da segurança.

Segundo a Abese (Associação Brasileira das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança), o faturamento do setor deve apresentar, em 2015, um crescimento de 10% com relação a 2014, ano em que a receita foi de R$ 5,1 bilhões.

A região Nordeste respondeu por 17% desse total, o que equivale a mais de R$ 850 milhões.

Mas ainda é a região Sudeste que lidera o faturamento, com 40%, seguido pelo o Sul (22%).

Isso se explica pelo poder aquisitivo.

Por serem regiões mais ricas, famílias e empresas conseguem bancar com mais facilidade sistemas de proteção.

Já as regiões Centro-Oeste e Norte, respondem, respectivamente, por 16% e 5%.

As principais tecnologias que participam desse mercado são alarmes, 23%, controle de acesso (23%), Circuito Fechado de TV (46%) e detecção e combate a incêndio (8%).

Atualmente, o segmento de sistemas eletrônicos de segurança é composto por 22 mil empresas, que geram 220 mil empregos diretos.

Justiça diz que CNC não representa o turismo
A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) está impedida de atuar no segmento de Turismo representado pela Confederação  Nacional do Turismo (CNTur).

O  Tribunal Regional do Trabalho da Décima Região manteve a decisão do juiz da 18ª Vara da Justiça do Trabalho de Brasília, que determinou, em medida liminar, que a CNC se abstenha da prática de atos relacionados à representatividade  sindical da categoria econômica das empresas de turismo, bem como divulgar informações inverídicas sobre o assunto.

Esta é apenas o início de uma disputa que promete esquentar e muito.

A meta da CNTur é criar, no futuro, o Sistema S do Turismo e passar a receber os R$ 4 bilhões que atualmente a CNC absorve da folha de pagamento das empresas do setor.

A CNTur acusa a CNC de nunca ter dado espaço aos representantes do turismo, apesar da gorda contribuição destes.

Salvador sobe no ranking da ICCA 
Finalmente uma boa notícia para o turismo de Salvador.

A capital baiana subiu no ranking das cidades que mais realizaram eventos internacionais em 2014, segundo a ICCA.

Depois do cair para o oitavo lugar, em 2013, quando recebeu apenas sete eventos, Salvador subiu para a quarta posição, com 14 eventos internacionais.

Até 2009, a capital baiana ocupava com folga a terceira posição nacional, posto perdido para Brasília e Foz do Iguaçu.

Mas a posição atual merece atenção redobrada.

Fortaleza e Natal aparecem logo atrás de Salvador, na quinta posição, com três eventos menos.

Outra novidade é São Paulo que passou a ocupar a liderança com 66 eventos, dois a mais que o Rio de Janeiro.

Já o Brasil, que ocupava o nono lugar, caiu para décimo, com um total de 291 eventos de negócios em 2014.

Os EUA garantem o primeiro lugar, seguido por Alemanha e Espanha.

Já nas Américas, Buenos Aires lidera seguida de Santiago, São Paulo, Rio de Janeiro e Lima, respectivamente.

Esteticistas vão à luta
Mais de mil profissionais da área de estética prometem fazer muito barulho durante o Mutirão da Regulamentação, evento que será realizado em nível nacional, no dia 8 de junho, no Campo Grande.

“A estética tem 60 anos de atuação no Brasil. Neste período, colocamos mais de 15 projetos de Lei na Câmara Federal sem obter a atenção devida dos parlamentares”, frisa Dadi Damasceno de Araújo, presidente do Sindecobe – Sindicatos dos Trabalhadores e Consultores do Ramo de Beleza da Bahia.

Ela observa que a Lei 12592/12, que reconhece a profissão de esteticista, acabou prejudicando muito ao enquadrar esses profissionais com outros que no possuem nenhum ensino acadêmico.

Só na Bahia existem mais de 20 mil esteticistas.

Operadora quer potencializar vendas
O Hapvida, maior operadora de saúde das regiões Norte e Nordeste do País, lançou um novo portal, que vai permitir que a empresa efetue a venda de planos odontológicos e de medicina pela internet.

Com isso, a Hapvida espera ampliar seu número de beneficiários, que hoje totaliza mais três milhões, sendo 2,06 milhões em saúde e 1,09 milhão em odontologia.

Com o site, a venda de planos odontológicos passa a ser nacional, incluindo São Paulo, estado que ainda não contava com os serviços de odontologia do Hapvida.

“Apenas 9,5% da população têm plano odontológico e nosso objetivo é ampliar a oferta de mercado já existente”, explica Jaqueline Machado, superintendente de odontologia da operadora.

Construtora vai de encontro ao mercado 
Depois de lançar o Mansão Bahiano de Tênis, na Graça, a Moura Dubeux anuncia novo investimento, desta vez, na região do Iguatemi.

“Enquanto muitas empresas estão com o pé no freio, a MD está acelerada”, destacou o diretor regional MD Bahia, Fernando Arraes, durante o lançamento do residencial Singullare Iguatemi.

O novo empreendimento de 2 quartos com suíte e varanda, de 53m², será construído no Parque Bela Vista, próximo à região do Iguatemi, com valor a partir de R$ 270 mil.

SIGA O LEIAMAIS
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
EDIÇÃO ONLINE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE