Tribunal decide em janeiro se Lula culpado ou inocente